Fantasiado de goleiro Bruno com saco escrito Eliza Samudio em bar de Manaus, tem repercussão nacional e mãe de Eliza comenta - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, Domingo, 14 de Abril de 2024

Vixe Maria

Fantasiado de goleiro Bruno com saco escrito Eliza Samudio em bar de Manaus, tem repercussão nacional e mãe de Eliza comenta

Publicado

no

O caso do homem que se “fantasiou” de goleiro Bruno e segurou um saco de lixo com o nome de Eliza Samudio, durante uma festa em um bar, localizado na tv Ponta Negra, São Jorge, zona Oeste de Manaus, ganhou repercussão nacional.

A notícia com a imagem do cidadão com a fantasia foi parar em grandes portais nacionais como a coluna Extra do G1.

A imagem que viralizou mostra o cidadão vestido com uma camisa do flamengo escrito Bruno, carregando um saco de lixo com o nome de Eliza, foi tirada em frente ao banner do bar, e causou muita revolta na internet.

LEIA TAMBÉM  Cão vela dono em funerária, após ser acompanhante dele em hospital

O bar publicou uma nota dizendo que a imagem do cliente teria sido postada pelo estagiário da casa que desconhecia o crime que repercutiu nacionalmente. A nota diz ainda que foto havia sido excluída e que o estagiário havia sido demitido do bar.

Publicidade
Entre no nosso grupo de Whatsapp

De acordo com a coluna Extra do G1, o homem da fantasia se chama Rodrigo Fernandes, é tatuador e o estúdio para o qual trabalha divulgou um comunicado, ainda nesta terça-feira (2/11), informando que ele não integra mais a equipe do estabelecimento comercial.

LEIA TAMBÉM  Um homem acordou no necrotério minutos antes de sua autópsia começar

“O estúdio não compactua com qualquer tipo de incitação à violência contra a mulher. Deixando bem claro que o colaborador foi demitido do estúdio, sendo assim, não fazendo mais parte do quadro de funcionários”, consta do comunicado.

Muitos internautas repudiaram a fantasia de mal gosto, porém outros, apoiavam e defendiam o homem fantasiado.

A imagem chegou a ser publicada no perfil oficial da casa de shows e deletada pouco tempo depois. O estabelecimento argumentou que a imagem foi compartilhada por um estagiário, que não era familiarizado com o crime que ocorreu em 2010, quando o goleiro Bruno foi condenado como o mandante da morte de Eliza.

LEIA TAMBÉM  Menino de 8 anos se comporta como menina e mãe decide o apoiar; "ele tentou cortar órgão genital aos 3 anos"

Apesar da imagem ser deletada, o registro se espalhou, chegando, inclusive à mãe de Eliza, e ao filho da modelo, criado pela avó. “Já chorei muito. Tanto desrespeito com a vítima. Bruninho ficou arrasado”, diz Sônia Moura, que já entrou em contato com a advogada e pretende acionar a Justiça sobre o episódio.

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…
Publicidade
Entre no nosso grupo de Whatsapp

Notícias da ALE-AM

Lendas Amazônicas, Urbanas e Folclóricas!

Curta a gente no Facebook

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Tribunal de Contas do Amazonas

Últimas Notícias do TCE-AM

Águas de Manaus

Últimas notícias da Águas de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas notícias da ALE-AM

Entre em nosso Grupo no Whatsapp

Participe do nosso grupo no Whatsapp

Últimas Atualizações