Home Notícias Política ”A meta é bater o recorde”, diz Roberto Cidade durante lançamento do “Programa Doador Legal” na Aleam

”A meta é bater o recorde”, diz Roberto Cidade durante lançamento do “Programa Doador Legal” na Aleam

1 minutos lido
39

Durante a abertura do programa Doador Legal, na manhã desta terça-feira (1º), no Mini Plenário Cônego Azevedo, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), destacou que a cada bolsa de sangue coletada quatro pessoas são beneficiadas, e convocou os servidores a baterem o recorde de arrecadação do ano passado, de quase 300 bolsas.

”A meta é bater o recorde”, diz Roberto Cidade durante lançamento do “Programa Doador Legal” na Aleam – Imagem: Divulgação

“Quero pedir o empenho de todos. Vamos aos gabinetes, vamos pedir aos colegas. Eu mesmo vou conversar com os deputados para abraçarem essa causa. Tenho certeza, vamos conseguir aumentar o número de bolsas e ajudar o Hemoam e a todos os que estão necessitados, porque infelizmente o estoque da instituição está baixo”, destacou o presidente.

O Programa Doador Legal é realizado desde 2014 pelo Parlamento Estadual e tem como objetivo, incentivar a doação de sangue pelos servidores da Casa Legislativa no mês em que se comemora o Dia do Doador de Sangue, dia 14 de junho.

“No ano passado, mesmo com a pandemia, o programa com a ajuda dos servidores e instituições parceiras, conseguiu doar 285 bolsas de sangue. Se fizermos a regra de quatro pessoas por bolsa, conseguimos ajudar mais de mil pessoas. Essa é uma das campanhas mais bonitas da Aleam e merece toda nossa atenção”, finalizou o presidente.

Doações

No dia 8 de junho, a Unidade Móvel Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam), conhecida como “Vampirão”, estará no estacionamento da Aleam para a coleta de sangue. Nos dias 9,10 e 11, os doadores serão encaminhados à FHemoam.

Para ser doador, é necessário ter entre 16 e 60 anos, pesar mais de 50 quilos e estar com boa saúde. Menores de 18 anos somente podem doar com a presença dos pais ou responsável legal. Também é preciso estar bem alimentado e portar documento de identidade com foto.

Comentários com Facebook
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Jussara Melo
Carregar Mais Em Política

Leia Também

Presidente Roberto Cidade apresenta PL que autoriza assinatura digital para projetos de iniciativa popular

Previsto no artigo 33 da Constituição do Estado do Amazonas, os projetos de iniciativa pop…