Home Notícias Política Aleam aprova projeto para concurso da PM durante votação histórica conduzida pelo Presidente Roberto Cidade conduz

Aleam aprova projeto para concurso da PM durante votação histórica conduzida pelo Presidente Roberto Cidade conduz

2 minutos tu consegue ler tudo sem se agoniar
114

Sob o comando do presidente da Casa, deputado Roberto Cidade (PV), a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) aprovou, nesta quarta-feira (26), por unanimidade, os Projetos de Lei (PLs) 470/2021 e 471/2021 – ambos de autoria do Governo – que, respectivamente, altera as normas para o ingresso na Polícia Militar do Amazonas e que estabelece os requisitos para a realização de concursos públicos pela administração direta, autárquica e fundacional no Estado do Amazonas.

As matérias foram retiradas de pauta durante a votação pela manhã para ajustes. A decisão acabou causando discussões entre base e oposição. O presidente Roberto Cidade ouviu os dois lados e convocou uma reunião com os parlamentares, onde se chegou a um entendimento. Os deputados voltaram ao Plenário pela parte da tarde para deliberarem as matérias.

“Era uma pauta importante que precisava de ajustes. Chamei os deputados, conversamos e alinhamos que aprovaríamos ainda hoje. É uma vitória para os concurseiros do Amazonas”, destacou.
A postura do presidente da Assembleia agradou os deputados, que, durante a votação, fizeram questão parabenizá-lo pela condução do assunto na Casa. “Vossa excelência tirou a matéria de pauta para que houvesse consenso e, com muita sabedoria, decidiu colocar na extra pauta e votar ainda hoje. Parabéns pela sensibilidade”, afirmou o deputado João Luiz (Republicanos).

As mudanças

Com a aprovação dos dois PLs, fica estabelecido que a idade para quem quiser ingressar na Polícia Militar do Amazonas e Corpo de Bombeiros é até 35 anos e a escolaridade que atualmente é de nível médio para praças, será, a partir de 2023, de nível superior para praças. No caso dos oficiais, para o próximo concurso será exigido diploma de nível superior em qualquer curso, mas, a partir de 2023, a exigência é que o curso seja de bacharel em Direito.

Os concursos para PM também terão que destinar, no mínimo, 10% das vagas para mulheres e as provas acontecerão 60 dias após a publicação do edital.

Aleam aprova projeto para concurso da PM durante votação histórica conduzida pelo Presidente Roberto Cidade conduz – Imagem: Divulgação

 

Comentários com Facebook

Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Jussara Melo
Carregar Mais Em Política

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Olavo de Carvalho morre de Covid-19, confirma filha

Heloísa de Carvalho, filha de Olavo de Carvalho, disse que o pai morreu vítima da Covid-19…