ALEAM: deputados cobram Nova lei do gás, atenção para interior e Serviço de Verificação de Óbito - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, sábado, 04 de fevereiro de 2023

Política

ALEAM: deputados cobram Nova lei do gás, atenção para interior e Serviço de Verificação de Óbito

Publicado

no

ALEAM: deputados cobram Nova lei do gás, atenção para interior e Serviço de Verificação de Óbito

A sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) desta terça-feira (13), que ocorreu de modo presencial e remoto, trouxe à discussão entre os deputados estaduais a cobrança da nova lei do gás, da implantação do Serviço de Verificação de Óbito e da situação de municípios do interior.

Josué Neto (PRTB) fez um relato de sua viagem à Brasília, em visita ao Ministério da Educação (MEC), mais especificamente ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), onde tratou da liberação de recursos da ordem de R$ 62 milhões destinados ao Amazonas. O parlamentar afirmou que o dinheiro ainda não teve destinação por meio do governo estadual e por isso não foi liberado. “Não farei críticas ao governo do Amazonas, apenas sugestões, pois este é o melhor momento para investir na formação de professores, compra de materiais didáticos e reforma de escolas. Estamos cobrando a destinação desses recursos que estão parados”, declarou.

Em outro assunto, o presidente da Assembleia cobrou o envio do Projeto de Lei (PL) do governo do Amazonas que trata da legislação de gás natural. Segundo ele, o governador Wilson Lima fez uma promessa há 220 dias de que enviaria à Aleam o PL em no máximo 180 dias. “A nossa lei foi vetada pelo governador que prometeu que enviaria uma nova lei e que até agora não cumpriu”, afirmou.

Álvaro Campelo (Progressistas), que participou da sessão de forma remota, relatou que foi à região do alto Solimões durante o fim de semana para realizar reuniões em Benjamin Constant, Atalaia do Norte e Tabatinga. “Fiquei estarrecido com a situação de Atalaia do Norte. Orla abandonada, ruas sem asfalto, um lixão do meio da estrada que vai a Benjamin, além das obras abandonadas. Fiquei estarrecido com a triste situação que passa o município. Não imaginava que a situação estivesse tão complicada”, explicou.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Sinésio Campos (PT) trouxe ao debate mais uma vez a implantação do Serviço de Verificação de Óbito no Amazonas (SVO) e pediu que os deputados aprovem o seu PL que trata do assunto. “O Amazonas é o estado que mais possui casos de óbitos com causas indeterminadas. As pessoas morrem e os familiares não sabem do que morreu. Esse serviço é muito importante”, denunciou.

Wilker Barreto (Podemos) reiterou o pedido aos colegas para a implantação da Comissão Parlamentar de Inquérito a fim de investigar os contratos entre o governo do Estado e as empresas que administram o Hospital Delphina Aziz e a Unidade de Pronto Atendimento Campos Sales. O parlamentar cobrou da Secretaria de Estado de Saúde (SES) o pagamento dos terceirizados do Centro de Dependência Química Ismael Aziz que, segundo denúncias, estão há quatro meses sem receber. “Mês passado a receita aumentou em R$ 200 milhões e não há como dizer que não tem dinheiro”, denunciou.

O deputado Carlinhos Bessa (PV) relatou a visita que fez ao município de Tefé, na comunidade de Benfica para conhecer o projeto Salta-z, que é uma Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água que utiliza processo convencional para tratar a água, por meio de uma estrutura física simplificada, e fazendo uso de filtro e dosadores de características artesanais. “Estou protocolizando um requerimento na forma de indicação ao governo do Estado para que amplie esse programa a outras comunidades do interior”, esclareceu.

O deputado Delegado Péricles (PSL) falou no Grande Expediente sobre a operação policial do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) que, segundo ele, fez história no Amazonas ao realizar a maior operação contra organizações criminosas no estado, quando apreenderam seis toneladas de drogas num total de R$ 100 milhões. O parlamentar relatou a sua visita ao Hospital Adriano Jorge para fiscalizar a aplicação de suas emendas impositivas. “Fiquei assustado com a fila de pacientes aguardando cirurgias, não por falta de pessoal, mas por falta de material. Não é falta de recursos, apenas a má aplicação. Peço ao secretário de Saúde que possa olhar com carinho esses pacientes que aguardam as cirurgias”, apelou.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Atualmente, participo de diversas ações e discussões na área de cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo, além de ações sociais.

Facebook

Agência de Desenvolvimento Sustentável

Matrículas 2023 para novos alunos

Matrículas 2023 para novos alunos

O Trabalho Não Vai Parar

O Trabalho Não Vai Parar!

Governo do Amazonas

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações