Alpinista novato que disse no Instagram que “estava perdido”, é encontrado sem vida

865

Um jovem italiano morreu quando pretendia fazer uma excursão pela Ponte Tibetano devall val Sorda (Verona). Gabriele Puccia tinha apenas 27 anos e estava fazendo turismo solo na área quando se perdeu no caminho. Ele usou seus stories no Instagram para brincar dizendo que não conseguia encontrar o caminho de volta e aproveitou a oportunidade para se despedir, caso algo desse errado. Ele acabou caindo de um penhasco e as equipes de resgate o encontraram no último sábado (31) sem vida.

Gabriele Puccia tinha só 27 anos / Reprodução (Gazzetta di Mantova)
Gabriele Puccia tinha só 27 anos / Reprodução (Gazzetta di Mantova)

Na série de vídeos que ele compartilhou no Instagram, Puccia disse que estava lá por recomendação de sua irmã. Tudo mudou logo após o início do passeio. Ele desistiu e não sabia mais como voltar ao lugar onde havia estacionado o carro. “Cretino de mim, que não coloquei a localização no mapa”, comentou ele para seus seguidores.

Era uma área de dificuldade média para os caminhantes

Gabriele Puccia, que era árbitro de futebol em categorias regionais e recentemente era fisioterapeuta, confessou nos vídeos que nunca havia feito uma excursão em sua vida, mas que ainda assim entrou na área apesar dos avisos de que era uma rota com dificuldade média.

“No caso de dar errado, peço desculpas às pessoas que magoei, também peço desculpas às pessoas que traí. Se tudo der errado, então eu digo adeus. Adeus ”, foi a última coisa que ele disse no Instagram.

O corpo sem vida deste jovem foi localizado pelas equipes de resgate em Verona, na madrugada de sábado. Ele caiu de um penhasco com cerca de dez metros de altura.

Comentários