Amazonas Terra do Curling - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, Sábado, 18 de Maio de 2024

Humor

Amazonas Terra do Curling

Publicado

no

Seleção Brasileira de Curling conta com um Amazonense

Ex-aluno da SEDUC, José Fernandes, 23, é o tipico atleta Amazonense que fez a sua história sem depender da ajuda do governo; movido pela paixão e vontade de mudar de vida, José ouviu muitas risadas de seus amigos enquanto ele morava ainda em Barreirinha, uma cidade do Estado do Amazonas que se localiza a leste de Manaus, capital do estado, distando desta cerca de 331 quilômetros.
Em 2010, o presidente da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG) revelou que assim que os Jogos Olímpicos de Vancouver acabaram, em fevereiro, jogadores de outros Estados se ofereceram para formarem a Seleção masculina adulta. Porém, a CBDG recusou a priore a proposta de José Fernandes.

LEIA TAMBÉM  Luciano Huck venha à Manaus

Em 2012, o Amazonense conseguiu ingressar na seleção brasileira, e hoje ele representa o Amazonas no Mundial Masculino de Curling, que está sendo disputado em Victoria, no Canadá. O torneio, que reúne 12 países, termina no dia 7 de abril e tem o Canadá na liderança do campeonato.

Os jogadores acreditam que devido sua técnica e carisma ele é fundamental para o time. A Seleção Brasileira de curling treina desde 2007 em Quebec, no Canadá, com a ajuda de um clube da cidade. Ela é atualmente composta por Celso Kossaka,  Luis Augusto Silva, José Fernandes, César Santos, Marcelo Mello e o treinador canadense Mark Richard.

Seleção Brasileira de Curling conta com um Amazonense

Seleção Brasileira de Curling conta com um Amazonense

O aparentemente fácil ato de empurrar chaleiras e varrer gelo exige preparação física intensa. O grupo brasileiro treina cerca de quatro vezes por semana, em Sherbrook – onde a maioria mora. Além dos encontros, os atletas praticam musculação – para fortalecer as pernas – e alguma atividade aeróbica paralela para não vacilar na corrida com a vassourinha.

LEIA TAMBÉM  Presidente ouve o clamor do povo e vem ai o Bolsa Farinha

A preparação, porém, tem data para começar e terminar. Por ser um esporte típico de inverno, os clubes abrem em setembro, início da estação no Hemisfério Norte, e fecham em abril. Apesar da relativa facilidade em criar condições para o curling – que só exige uma quadra fechada com gelo –, no Brasil ainda não existe um lugar onde se possa praticar o esporte. Mas não faltam planos para divulgar o curling no país. E pode começar por aqui.

LEIA TAMBÉM  4 motivos pelos quais a nova nota de R$ 200 é horrível

– Tenho projetos para fazer uma competição de apresentação em alguma cidade fria, como Barcelos (AM), onde já há um terreno da Confederação que deverá abrigar a primeira quadra do esporte, ou Eirunepé – afirma Fernandes.

Publicidade
Entre no nosso grupo de Whatsapp
Amazonense de Barreirinha rouba a cena no Mundial Masculino de Curling

Amazonense de Barreirinha rouba a cena no Mundial Masculino de Curling

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Gravo vídeos sobre cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo além de políticas públicas.

Notícias da ALE-AM

Lendas Amazônicas, Urbanas e Folclóricas!

Curta a gente no Facebook

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Tribunal de Contas do Amazonas

Últimas Notícias do TCE-AM

Águas de Manaus

Últimas notícias da Águas de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas notícias da ALE-AM

Entre em nosso Grupo no Whatsapp

Participe do nosso grupo no Whatsapp

Últimas Atualizações