Home Notícias Polícia Amazonense está entre os 26 suspeitos mortos pela polícia

Amazonense está entre os 26 suspeitos mortos pela polícia

3 minutos tu lês tudo
490

Nesta terça-feira (2), pelo menos dez corpos dos mortos na operação policial em Varginha, no Sul de Minas, no último domingo, já foram identificados. Ao todo, 26 pessoas morreram na ação. Nenhum dos policiais foi ferido.


Os corpos estão no Instituto Médico-Legal Dr. André Roquette, em Belo Horizonte.

Identificados até o momento:

Thalles Augusto Silva, 32 anos, Uberaba (MG)
Raphael Gonzaga Silva, 27 anos, Uberlândia (MG)
Nunis Azevedo Nascimento, 33 anos, Novo Aripuanã (AM)
José Filho de Jesus Silva Nepomuceno, 37 anos, Caxias (MA)
Itallo Dias Alves, 25 anos, Uberaba (MG)
Gleisson Fernando da Silva Morais, 36 anos, Uberaba (MG)
Gilberto de Jesus Dias, 29 anos, Uberlândia (MG)
Gerônimo da Silva Sousa Filho, 28 anos, Porto Velho (RO)
Dirceu Martins Netto, 24 anos, Rio Verde (GO)
Artur Fernando Ferreira Rodrigues, 27 anos, Uberaba (MG)

Eles foram identificados por meio de exame datiloscópico (impressão digital), em trabalho realizado conjuntamente pelo Instituto de Identificação da Polícia Civil de Minas Gerais, que emitiu oito laudos, e pela Polícia Federal, que emitiu três. Em um dos casos, as duas corporações emitiram o documento.

A Polícia Civil disse ainda que, além da identificação dos corpos, “desenvolve investigação da vida pregressa dos indivíduos, bem como dos fatos e de suas circunstâncias para possíveis correlações com outros eventos”.

Segundo a Polícia, nenhum dos corpos estava com documentos.

Banco de perfis

Amostras de DNA coletadas dos 26 corpos dos suspeitos de assalto a banco serão inseridas no banco nacional de perfis genéticos. A partir disso, poderá ser apontada a eventual participação deles em outros crimes.

A secretária-executiva da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), a médica legista Tatiana Telles, informou na manhã desta segunda-feira (1º) que esse banco de perfis genéticos procura coincidências, os chamados “matches”, entre o DNA desses corpos e o DNA achado em locais de crime no Brasil.

Imagem: Divulgação
Comentários com Facebook

Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Jussara Melo
Carregar Mais Em Polícia

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Jovem é morta pelo namorado e seu corpo é encontrado pelo seu pai

Uma jovem de 22 anos foi morta pelo namorado em Aragarças, no oeste de Goiás, segundo a Po…