Home Notícias Política Amom lança processo seletivo com taxa de inscrição a R$ 35 e solicita a suspensão das inscrições.

Amom lança processo seletivo com taxa de inscrição a R$ 35 e solicita a suspensão das inscrições.

1 minutos lido
3,803

No último domingo (31), o vereador Amom Mandel tornou público o edital para inscrições no processo seletivo de provas, análise curricular e entrevista destinado ao preenchimento de 5 vagas comissionadas no seu gabinete. De acordo com as informações iniciais, as inscrições seriam feitas exclusivamente via internet, no site www.consesp.com.br, a partir da 00:00 de 1º de fevereiro às 23:59 (horário de Brasília) de 16 de maio de 2021.

Estavam sendo oferecidas vagas para: Área de Assistência Social, Design, Informática, Ouvidoria e Jurídica. Cada cargo comissionado teria o salário de R$2.000,00 mensais e uma carga horária de 6 horas diárias, totalizando 30 horas semanais.

O ponto que foi mais criticado, porém, foi que para efetivar a inscrição o candidato deveria efetuar o pagamento de R$ 35,00 (trinta e cinco reais) correspondente a taxa de inscrição, destinada à empresa realizada do certame. Justamente nesse ponto foi o calcanhar de Aquiles, apesar de que para algumas pessoas ele não teria obrigação de fazer o processo seletivo de forma gratuita, outros, diziam que o valor era alto. Amom, porém, disse que o dinheiro não seria pra ele e fez uma publicação ainda a pouco informando a suspensão das inscrições até resolverem o impasse.

 

Suspensão das inscrições

Após muitas pessoas reclamarem do valor da taxa de inscrição, o vereador decidiu suspender e se justificou em suas redes sociais

“Pessoal, depois de toda a repercussão, outras bancas entraram em contato comigo para tratar de propostas para a execução do processo. Se alguma proposta tiver taxas mais baixas, vou aceitar. O meu lado é o lado das pessoas. Até a decisão final, solicitei a suspensão das inscrições.
Decidi fazer um processo bem mais complexo do que o usual. Temos custos com a contratação da banca examinadora, com a impressão, com o transporte e logística dos lacres, fiscais, locação dos locais de prova e mais. Pelo contrato, não sou eu quem recolhe a taxa. E ainda estou tirando dinheiro do meu bolso também para a execução do processo.”

Reprodução Facebook

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Política

Leia Também

Contas de energia e água durante a pandemia poderão ser parceladas em até 12 vezes

Projeto de Lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (A…