Após 13 gols em 2 jogos na copinha, goleiro do Holanda vai parar no hospital por estress

275

A Copa São Paulo de Futebol Júnior, mais conhecida como Copinha, acabou da pior forma possível para o Holanda-AM, principalmente para o goleiro Ramilson Almeida que levou em duas partidas a enxurrada de 13 gols, e assim, acabou sendo conhecido nacionalmente como o “goleiro mais vazado da copinha de 2019”. Mas esse “título” não é apenas culpa dele, porém do elenco que deixou a desejar. Aliás, o índice só não foi pior porque o Ramilson ainda conseguiu fazer pelo menos cinco defesas muito difíceis nas duas partidas.

Ramilson Almeida — Foto: Morgana Rodrigues
Ramilson Almeida — Foto: Morgana Rodrigues

Na primeira partida, contra o São Paulo, o time amazonense perdeu de 7 a 2, e a segunda partida, contra o Ferroviári- SP, o placar foi 6 a 0. Fato esse que repercutiu muito, principalmente nas redes sociais.

A pressão foi tão grande, que o goleiro chegou a ter um desarranjo e foi parar no hospital. O médio de plantão, disse que foi devido ao estresse.

Ainda falta mais uma partida, contra o Serra-ES, porém o Holanda já está eliminado e por isso entrará em campo apenas para cumprir tabela, nesta quarta, em Araraquara, pela última rodada da fase classificatória do grupo 7. O adversário também caiu precocemente.

Agora é saber se o Holanda parará nos 13 gols ou se ainda cabem mais.

Ramilson Almeida — Foto: Morgana Rodrigues/Holanda
Ramilson Almeida — Foto: Morgana Rodrigues/Holanda

Abaixo o compacto do jogo São Paulo 7 x 2 Holanda

O compacto do jogo Ferroviária 6 x 0 Holanda

Comentários