Home Notícias Amazonas Após 78 dias, essa é a primeira vez que o Amazonas não registra novas internações pela Covid-19, diz FVS

Após 78 dias, essa é a primeira vez que o Amazonas não registra novas internações pela Covid-19, diz FVS

1 minutos lido
764

Dados divulgados na última quinta-feira (4), mostraram algo inédito durante o surto da Covid-19 no Amazonas. Após longos 78 dias, essa foi a primeira vez que o Estado do Amazonas não registrou novas internações por Covid-19, de acordo com dados da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). Até o momento o Estado contabiliza mais de 46,4 mil casos confirmados do novo coronavírus, com mais de 2,1 mil mortes.

Os dados mostram que, desde o início da semana, o número de internações pela doença vêm reduzindo. Na segunda-feira (1º), foram registradas 39 internações. Na terça-feira (2), foram internados 33 pacientes com Covid-19. Na quarta-feira (3), foram 31 novas internações. Já nesta quinta-feira (4), o número de novas internações zerou, o que não acontecia desde o dia 18 de março, ainda na primeira semana do coronavírus no Estado.

Com relação às internações totais, há 461 pacientes internados, sendo 295 em leitos clínicos e 166 em UTI. Há ainda outros 385 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 259 estão em leitos clínicos e 126 estão em UTI. A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 70%, e a taxa de UTI não Covid era de 61%, segundo o governo, até esta quarta-feira (3).

O sistema de saúde chegou a entrar em colapso por conta da pandemia. A taxa de ocupação dos leitos de UTI chegou ao pico de 96% e contêineres frigoríficos foram instalados em diversas unidades de saúde da capital para comportar o rápido aumento das mortes. A situação também causou um colapso funerário em Manaus, com falta de caixões no serviço privado, corpos enterrados empilhados e em valas comuns.

Apesar da leve redução, pesquisadores no Amazonas alertam para uma segunda onda de contaminação e aumento dos casos de coronavírus no Estado. Segundo as pesquisas, as medidas de flexibilização neste momento apontam para um novo pico da doença, ainda mais intenso que o primeiro.

Número de pacientes internados já vinha reduzindo ao longo da semana, segundo dados da FVS. — Foto: Rebeca Beatriz

Com Informações do G1 Amazonas

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Amazonas

Leia Também

Amazonas recebe mais 21.800 doses da vacina CoronaVac contra a Covid-19

O Governo do Amazonas recebeu, na tarde desta sexta-feira (18/06), uma remessa de 21.800 d…