Ap√≥s epis√≥dio de estupro contra beb√™ com s√≠ndrome de down, deputado refor√ßa cria√ß√£o de ‚ÄėCentro Integrado‚Äô de apoio √† crian√ßa e adolescente

147

No Dia Internacional da S√≠ndrome de Down, o presidente da Comiss√£o de Promo√ß√£o e Defesa dos Direitos das Crian√ßas, Adolescentes e Jovens da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado √Ālvaro Campelo (PP), subiu √† tribuna da Casa, nesta quinta-feira (21), para refor√ßar a proposta de cria√ß√£o do Centro Integrado de Apoio √† Crian√ßa e ao Adolescente (CICA) no Estado.

O parlamentar Progressista comentou ainda sobre um caso de estupro de vulnerável cometido contra uma bebê com Síndrome de Down em Manaus. / Foto: Augusto Ferreira
O parlamentar Progressista comentou ainda sobre um caso de estupro de vulnerável cometido contra uma bebê com Síndrome de Down em Manaus. / Foto: Augusto Ferreira

Segundo o deputado, a proposta j√° foi protocolada junto √† Mesa Diretora da Aleam, indicando ao Governo do Estado que tome as medidas necess√°rias para a cria√ß√£o do Centro. ‚ÄúProponho a iniciativa no sentido de que seja inclu√≠da como uma pol√≠tica de governo. Este espa√ßo ser√° de fundamental import√Ęncia para o apoio √†s crian√ßas e adolescentes, v√≠timas de viol√™ncia sexual‚ÄĚ, disse Campelo.

Entre os servi√ßos propostos ao ‚ÄėCentro Integrado‚Äô est√£o o apoio direto do Judici√°rio, assist√™ncia social, seguran√ßa p√ļblica e per√≠cia m√©dica, bem como a otimiza√ß√£o do processo, evitando que pais e respons√°veis se desloquem para diversos lugares em busca de atendimento √†s ocorr√™ncias.

Foto: Augusto Ferreira
Foto: Augusto Ferreira

O parlamentar Progressista comentou ainda sobre um caso de estupro de vulner√°vel cometido contra uma beb√™ com S√≠ndrome de Down em Manaus. A v√≠tima tinha apenas um ano e um m√™s. ‚ÄúPe√ßo Justi√ßa m√°xima e absoluta. Que essa investiga√ß√£o seja c√©lere e que esse criminoso esteja atr√°s das grades o mais breve poss√≠vel. Coloco meu mandato √† disposi√ß√£o para que essas pessoas, que tenham algum tipo defici√™ncia, sejam respeitadas, valorizadas e acolhidas por todos n√≥s‚ÄĚ, finalizou Campelo.

*Com informa√ß√Ķes de assessoria

Coment√°rios

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.