Artista Rui Machado ter√° exposi√ß√£o sobre sua vida no Museu Amaz√īnico

168

Museu Amaz√īnico inaugura exposi√ß√£o de Rui Machado no dia 8 de maio
Com curadoria da equipe do Museu Amaz√īnico da Universidade Federal do Amazonas, juntamente com Rui Machado, a exposi√ß√£o tem como objetivo apresentar a trajet√≥ria do artista atrav√©s de recortes significativos de sua vida, que integram mem√≥rias individuais e coletivas.

A mostra traz ao p√ļblico objetos pessoais como pr√™mios, medalhas, capas de CDs e calend√°rios assinados por Rui, al√©m de pinturas ic√īnicas de v√°rios momentos de sua carreira. Parte do acervo arqueol√≥gico e etnogr√°fico ind√≠gena doado ao Museu Amaz√īnico e bibliogr√°fico, doado √† Biblioteca Setorial do Museu tamb√©m comp√Ķem a exposi√ß√£o.

Segundo Dysson Teles, diretor do Museu ‚Äúa melhor e modesta forma de homenagear a trajet√≥ria deste caboclo amaz√īnico √© a que o Museu presta neste momento. A exposi√ß√£o ‚ÄúRui Machado: uma trajet√≥ria de cores‚ÄĚ sintetiza visualmente as etapas de produ√ß√£o pelas quais passou o artista, sua evolu√ß√£o e sua import√Ęncia para a consagra√ß√£o da cultura amaz√īnica‚ÄĚ.

Foto: Eliton Santos

Vernissage

O pr√©-lan√ßamento da exposi√ß√£o acontece no dia 08 de maio, √†s 19h no Museu Amaz√īnico (Rua Ramos Ferreira, n¬ļ 1036, Centro) e contar√° com a presen√ßa de convidados e representantes de institui√ß√Ķes acad√™micas e culturais do Estado, al√©m do reitor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Sylvio Puga.

Segundo o reitor, ‚ÄúRui Machado √© Amazonas. Rui Machado √© Brasil. Rui Machado √© um patrim√īnio de nossa terra que orgulha a cada um de n√≥s, que em sua rica obra se v√™ retratado e acolhido‚ÄĚ.

Sobre o artista

Rui Machado √© artista pl√°stico e poeta. Nasceu em Manaus no dia 17 de agosto de 1956. Sua rela√ß√£o com as artes come√ßou cedo, com diversas manifesta√ß√Ķes, desde desenho e escrita, at√© esculturas. Sua primeira exposi√ß√£o de artes pl√°sticas foi em 1982, denominada Travessia, no hall do Teatro Amazonas, dentro do Projeto Hahnemann. J√° em 1984, lan√ßou seu primeiro livro de poesias, intitulado Anjos e Mist√©rios.

Possui, at√© agora, 24 pr√™mios e homenagens. Na seara musical, possui mais 50 composi√ß√Ķes, no entanto, recebeu seu primeiro pr√™mio em 2017, no 6¬ļ Festival Amazonas de M√ļsica, em 1¬ļ Lugar com a m√ļsica Remando Estrelas em parceria com Valdo Cavalcante.

Parte desses pr√™mios poder√° ser vista na exposi√ß√£o, assim tamb√©m como algumas de suas obras etnogr√°ficas e arqueol√≥gicas doadas para o Museu Amaz√īnico. Para as muse√≥logas Lucimery Ribeiro e Mayara Monteiro ‚ÄúRui, ao ceder itens de sua cole√ß√£o particular ao Museu Amaz√īnico, transforma-os em acervo p√ļblico. O ato de doa√ß√£o de objetos com significativo valor hist√≥rico, art√≠stico e cultural, retoma dois tra√ßos importantes na hist√≥ria dos museus: a mudan√ßa do acesso privado ao p√ļblico, e o entendimento da fun√ß√£o social do museu‚ÄĚ.

Doação de acervo bibliográfico

A rela√ß√£o de Rui Machado com a Biblioteca Setorial do Museu Amaz√īnico (BSMA) √© antiga. Ainda antes de expor seu trabalho no Museu, foi frequentador da Biblioteca e a presenteou com in√ļmeras publica√ß√Ķes relevantes. Neste momento, o artista mostra mais uma vez sua generosidade e afeto pela BSMA, ao doar seu acervo bibliogr√°fico sobre a Amaz√īnia para a mesma. S√£o mais de 350 livros, que assim como sua obra, possuem uma identidade predominantemente amaz√īnica, dentre eles, est√£o contidos obras preciosas que compor√£o a S√©rie Cole√ß√£o Especial. Para a bibliotec√°ria Rosangela Martins, respons√°vel pela Biblioteca do Museu ‚Äúesta doa√ß√£o ser√° uma valiosa adi√ß√£o ao nosso acervo e se multiplicar√° atrav√©s das mentes daqueles que a consultarem‚ÄĚ.

Vivências com o artista

No decorrer da exposi√ß√£o, acontecer√£o encontros e viv√™ncias com Rui Machado, como parte da programa√ß√£o educativa do Museu. A atividade tem como intuito aproximar o artista do p√ļblico, dentre eles alunos da rede p√ļblica de ensino e universit√°rios, a partir de um bate-papo sobre a exposi√ß√£o e assuntos correlatos dentro do espa√ßo expositivo.

Coment√°rios