Boi Caprichoso aborda a luta contra o racismo, a segregação, a miscigenação e em prol da sociedade multifacetada e sem preconceitos na segunda noite do Festival

285

O boi-bumbá Caprichoso abriu a segunda noite do 54º Festival Folclórico de Parintins. Durante sua apresentação, o Caprichoso mostrou as diversas lutas entre o bem e o mal, com simbolismo forte das religiões de matrizes africanas.
A cabocla Mariana fez um espetáculo a parte, interpretada pela pela Cleise Simas, Rainha do Folclore do Caprichoso.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Cabocla Mariana, representada pela Cleise Simas, Rainha do Folclore do Caprichoso. 💙🐂 #noamazonaséassim #Parintins #acriticaparintins2019

Uma publicação compartilhada por No Amazonas é Assim (@noamazonas) em

Durante a sua apresentação na segunda noite, o Boi Caprichoso abordou a luta contra o racismo, a segregação, a miscigenação e em prol da sociedade multifacetada e sem preconceitos. Amanhã, na última noite, o Caprichoso encerrará o 54° Festival Folclórico de Parintins

Algumas fotos da apresentação do Caprichoso. Mais stories em tempo real sobre o Festival de Parintins, siga o No Amazonas é assim no Instagram

Comentários