Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, domingo, 02 de outubro de 2022

Amazonas

Bolsonaro, cidadão amazonense, trai o Amazonas de forma sorrateira e vil se aproveitando de feriado prolongado novamente!

Publicado

no

Nesta sexta-feira (15), o Amazonas tomou como presente de páscoa mais uma traição do seu cidadão amazonense, o Presidente Bolsonaro. O presidente Jair Bolsonaro decretou que torna permanente a isenção de 25% do IPI para a indústria nacional e tira as vantagens comparativas da Zona Franca de Manaus, como um ato de traição ao povo do Amazonas.

Para o Senador da República Omar Aziz, “Ele teve 67% dos votos aqui na capital e nos trai de forma vil, sorrateira e ainda por cima no feriado, quando pouco ou nada podemos fazer”, afirmou Omar, que coordena a bancada do Amazonas em Brasília, ressaltando que a decisão prejudica o Estado e tira empregos dos amazonenses. São, hoje, 100 mil empregos diretos e outros 400 mil indiretos graças a este modelo econõmico.

Mais cedo o Governador do Amazonas e o Prefeito de Manaus emitiram notaa conjunta que irão procurar o Supremo Tribunal Federal para buscar reverter a decisão. Uma Ação Direta de Inconstitucionalidade foi ingressada hoje pelo Governador do Amazonas Wilson Lima contra a medida do Governo Federal e foi apoiada pelo Prefeito de Manaus David Almeida.

Em reunião feita com o governador do Estado, Wilson Lima, e com o presidente da Federação das Indústrias do Amazonas, Antonio Silva, foi feita a promessa de que o decreto seria reeditado. Promessa essa que não foi cumprida. “Está na hora de o senhor respeitar o povo amazonense. Não é porque o senhor teve 67% dos votos em Manaus que pode tratar nosso povo como povo de segunda classe. O povo do Amazonas merece respeito de quem quer que seja o presidente de plantão”, disse ele, afirmando que o povo do Amazonas “não irá esquecer” do que foi feito por ele.

Bolsonaro cidadão Amazonense

O deputado Serafim Corrêa (PSB) foi o único deputado do Amazonas a votar contra o Projeto de Lei que concedeu o Título de Cidadão do Amazonas ao presidente da República, Jair Bolsonaro. O projeto de autoria do deputado Péricles, foi aprovado na sessão híbrida de 20 de abril de 2021, da Assembleia Legislativa do Amazonas.

Serafim Corrêa se recusou a conceder a comenda por entender que Bolsonaro não tem sido amigo da Amazônia, do Amazonas e de Manaus.

Ainda de acordo com o deputado, Bolsonaro subestimou a pandemia, não comprou vacinas quando era para comprar, o seu ministro negligenciou com o Amazonas na crise do oxigênio e outras tantas omissões quE tem trazido sofrimentos para o povo do estado.

“A Zona Franca vive sendo atacada e o seu ministro da Economia, Paulo Guedes, faz cara de paisagem. Portanto, não voto a favor deste projeto e com todo carinho, respeito que tenho pelos demais colegas que entendam diferente, repito, voto contra”, complementou o deputado.

Bolsonaro cidadão Amazonense

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇...

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Atualmente, participo de diversas ações e discussões na área de cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo, além de ações sociais.

Asfalta Manaus

MANAUSAsfalta Manaus – pavimentando o caminho de uma nova cidade

O cuidado cada vez mais perto

O cuidado cada vez mais perto

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Agosto dourado: mês de incentivo ao aleitamento materno

Agosto dourado: mês de incentivo ao aleitamento materno

Falando de Contas

Programa do TCE-AM

Facebook

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Tribunal de Contas do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações