Caso Silvanilde : Possível motivação de crime passional vem à tona após novas informações - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, sábado, 04 de fevereiro de 2023

Polícia

Caso Silvanilde : Possível motivação de crime passional vem à tona após novas informações

Publicado

no

Caso Silvanilde : Possível motivação de crime passional vem à tona após novas informações

Um caso policial que ganhou os holofotes de todos é o caso da morte da servidora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) Silvanilde Ferreira Veiga, 58. Silvanilde foi morta de forma violenta com 12 facadas na região do pescoço em seu apartamento de alto padrão no Condomínio Gran Vista onde morava com a filha Stephanie Veiga de Miranda no bairro Ponta Negra.

As primeiras informações deram conta que a segurança do local não falhou. No apartamento também não existiam sinais de arrombamento e nada foi levado do local, exceto o celular da vítima. Outro fator que ali tudo é hi-tech e a entrada só se dava através de reconhecimento da digital, portanto, só quem tinha acesso ao local era a Silvanilde e sua filha Stephanie. Cada apartamento ali é avaliado em média em R$ 1 milhão.

As investigações estão no começo para não formar juízo de valor sobre a filha da Silvanilde, que foi quem encontrou o corpo da mãe após receber um pedido de socorro por mensagem no celular. As investigações continuam sendo feitas em sigilo pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Segundo novas informações, a filha de Silvanilde, Stephanie, teria pedido um empréstimo no valor de R$ 300 mil para quitar dívidas da empresa do namorado, Igor Gabriel Melo e Silva, que passava por dificuldades em consequência da pandemia da Covid-19.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

O empréstimo estaria comprometendo a renda de Silvanilde, já que Igor não realizou o pagamento das parcelas como fora acordado. As cobranças por parte da servidora do TRT causavam grandes discussões entre os três.

Mais de dez pessoas já prestaram depoimento à polícia. De acordo com o delegado titular da DEHS, Ricardo Cunha, o hall que dá acesso ao apartamento de Silvanilde não possui câmeras. Contudo, o circuito de segurança dos elevadores do prédio deve ajudar nas investigações. O crime aconteceu no último dia 21 de maio.

A vítima foi encontrada pela filha no apartamento onde morava no bairro Ponta Negra, com 12 facadas na região do pescoço.

De acordo com a delegada Marília Campelo, adjunta da DEHS, o caso é “complexo”, uma vez que tudo que cerca a morte de Silvanilde “não é óbvio”.

Apesar de ainda estarem no início, as investigações já começam a indicar que a filha da vítima, Sthephanie de Miranda e o namorado dela, Igor Gabriel Melo e Silva, tenham participação no crime.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

silvanilde filha e genro

Caso Silvanilde : Possível motivação de crime passional vem à tona

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Divulgamos em nosso portal as principais notícias, nossas belezas naturais, nossa cultura ribeirinha, além dos já conhecidos assuntos meramente cômicos. Nos siga nas redes sociais @noamazonas.

Facebook

Agência de Desenvolvimento Sustentável

Matrículas 2023 para novos alunos

Matrículas 2023 para novos alunos

O Trabalho Não Vai Parar

O Trabalho Não Vai Parar!

Governo do Amazonas

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações