Chico Preto vira assunto nacional ao questionar se os “Ministros do Supremo Tribunal Federal são cidadãos comuns?”

724

O vereador de Manaus, Chico Preto, virou assunto nacional na rede social Twitter ao ter seu vídeo disseminado por diversos influenciadores, entre eles, o vocalista Roger Rocha Moreira, principal idealizador, compositor, guitarrista e vocalista da banda de rock Ultraje a Rigor, que possui nada mais nada menos que quase 1 milhão de seguidores.

Chico Preto vira assunto nacional ao questionar se os "Ministros do Supremo Tribunal Federal são cidadãos comuns?"
Chico Preto vira assunto nacional ao questionar se os “Ministros do Supremo Tribunal Federal são cidadãos comuns?” / Reprodução Twitter

No vídeo divulgado, o parlamentar questiona se os Ministros do Supremo Tribunal Federal são cidadãos comuns e possuem CPF, pois se são, devem ser julgados como cidadãos brasileiros. A critica é devido o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), tenta “intimidar” o trabalho dos funcionários da Receita Federal após investigação dos auditores da receita chegarem nos parentes do ministro que enriqueceram de modo “súbito”. Para Chico Preto os ministros devem ser submetidos as mesmas leis que os brasileiros são, e não ao bel prazer quando são investigados ou as investigações alcançam seus parentes. “Que país é esse? Que país é esse?” indagou o parlamentar.

Na última quinta-feira, o ministro Alexandre de Moraes determinou a suspensão de investigação e o afastamento de dois servidores que participaram da apuração. Os auditores dizem que “todos os procedimentos de fiscalização executados observam rigorosamente os preceitos constitucionais da impessoalidade”. O caso está sob análise no âmbito do inquérito aberto pelo presidente do STF, Dias Toffoli, para apurar ofensas à Corte, prorrogado por mais 180 dias.

Comentários