Home Entretenimento Curiosidades Chinesa constrói duas passarelas para garantir que seu filho vá com segurança para escola

Chinesa constrói duas passarelas para garantir que seu filho vá com segurança para escola

2 minutos lido
64

Uma mãe amorosa que reside na província chinesa de Henan gastou mais de um milhão de yuans (US$ 154.000) para construir duas passarelas de metal em frente à escola de seu filho. De acordo com uma publicação do portal de notícias Odditycentral, a mãe em questão investiu a alta quantia na obra para garantir que tanto o filho como as outras crianças atravessassem a rua com segurança e não ficassem expostas mais a riscos.

A mulher, identificada pelo portal Odditycentral apenas como Meng, disse recentemente à Henan Television Station que as ruas que ficam próximas a escola de seu filho sempre foram bastante movimentadas. De acordo com Meng, as mesmas ruas se tornavam intransitáveis nos horários do fim dos expedientes escolares porque os pais que iam buscar os filhos infestavam a região de carros, tornando, assim, o local perigoso para alunos e professores.

Além de levar em consideração tais fatores, a chinesa revelou que decidiu investir nas construções das passarelas porque parte do trajeto até a escola ficava repleto de poças em períodos chuvosos, o que fazia com que muitos estudantes retornassem a casa com os pés molhados.

“Há lugares em que as poças de águas são bem profundas e isso torna parte do trajeto difícil de atravessar”, explicou Meng ao portal de notícias Odditycentral. “A água se acumula de forma inexplicável em algumas partes. E as crianças sempre ficam encharcadas. Os pés do meu filho, por exemplo, quando chove, sempre aparecem molhados”.

A construção das duas passarelas foram aprovadas pela secretaria local de Habitação e Desenvolvimento. Até onde se sabe, o governo local apenas aprovou o empreendimento, ou seja, não disponibilizou nenhuma verba para a construção.

Segundo as informações que constam na reportagem publicada pelo portal de notícias Odditycentral, Meng, até o momento, não revelou ao filho que investiu na construção das novas passarelas. “Não vou dizer nada porque não quero que meu filho se sinta vaidoso, ainda mais diante das outras crianças. Eu só espero que a minha contribuição ajude a manter a segurança das crianças e da equipe de ensino”, explicou a chinesa.

“Fiz tudo isso porque posso fazer. E fiz também porque não vou levar dinheiro comigo quando eu morrer. Além disso, eu não preciso deixar muito dinheiro para meu filho também”, disse Meng. “Vou chamar a ponte de Ponte da Sabedoria, pois os alunos que as cruzam ficarão cada vez mais sábios por poderem frequentar a escola”.

Obviamente, toda a história que contamos aqui recebeu muita atenção na China. Nas redes sociais, por exemplo, a maioria dos usuários elogiaram a mulher por ter contribuído com algo que beneficia a comunidade. “Ela poderia ter feito tantas outras coisas… coisas para beneficiar apenas a si mesma e a sua família. Ela podia, por exemplo, comprar alguns apartamentos ou até mesmo uma grande casa, mas decidiu fazer algo para todos”, disse um dos usuários.

O que nos resta, agora, é torcer para que o exemplo de Meng também se torne viral, afinal, gentileza gera gentileza – e, sinceramente, não há nada melhor.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Alessandro Nuñes
Carregar Mais Em Curiosidades

Leia Também

Gêneros textuais e a sua incidência em provas de vestibular

O período pré-vestibular pode ser bem desgastante na vida de qualquer estudante que esteja…