Cinegrafista são acusados de se passarem por policiais, extorquirem motoqueiros e parceria com crime organizado - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, quarta, 08 de fevereiro de 2023

Polícia

Cinegrafista são acusados de se passarem por policiais, extorquirem motoqueiros e parceria com crime organizado

Publicado

no

Tarcísio Heden Soares Amaral, 35 anos, servidor público que trabalhava como cinegrafista pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) e Alípio Grijó outro cinegrafista que atuava em portais policiais foram presos após denúncias de prática de extorsão aos moradores no bairro São José, zona leste de Manaus.

De acordo com a 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), populares informaram que um veículo modelo Amarok de cor branca, com dois ocupantes vestidos com coletes da polícia estariam roubando pessoas nas imediações da Escola de Samba Grande Família, na zona leste da capital.

Porém após a denúncia, os PMs avistaram ocupantes de uma S10 de placa JXU-4H12 de propriedade da secretaria de segurança finalizando uma abordagem a uma motocicleta, na rua Rio Carauari. Os policiais então abordaram os ocupantes do veículo e identificou Tarcísio Heden Soares Amaral, repórter cinematográfico da SSP, e Alípio Grijó da Silva cinegrafista de portais que se passava por policial militar. Segundo alguns moradores da área, os dois estariam abordando motociclistas e exigindo o dinheiro dos mesmos.

Prints de conversas mostram Alípio se passando por um policial em uma conversa com bandidos alertando sobre a chegada da polícia em algumas bocas de fumo. Alípio estaria atuando como informante do crime organizado, em troca de dinheiro.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Em uma das conversas, um suposto integrante de uma facção já estaria desconfiando que Alípio não fosse policial, mas o cinegrafista de portais garante que é PM e faz o “certo pelo certo”.


Em algumas fotos , inclusive, Alípio aparece vestido com farda da PM. Já Heden aparece em várias imagens com coletes de diferentes veículos de comunicação de Manaus.


A ocorrência foi conduzida para o 14º Distrito Integrado de Polícia, mas não foi realizado procedimento de polícia judiciária por conta de nenhuma vítima ter registrado boletim de ocorrência ou ter sido identificada. O veículo foi entregue a representante da SSP.

Nota SSP-AM

Em nota, a SSP-AM esclareceu que o caso foi acompanhado pela Corregedoria-Geral do Sistema de Segurança Pública. Foi determinada ainda a exoneração imediata do servidor, bem como a rapidez na investigação do caso pela Corregedoria-Geral.

Denúncias podem ser feitas de maneira presencial, na própria Corregedoria-Geral, que fica nas dependências do shopping Manaus Via Norte, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. As denúncias também podem ser enviadas para e-mail [email protected]

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Mulher...mãe....apaixonada....webwriter e sócia proprietária do Portal No Amazonas é Assim...E minha história continua ❤

Siga-nos no Facebook

Agência de Desenvolvimento Sustentável

Matrículas 2023 para novos alunos

Matrículas 2023 para novos alunos

O Trabalho Não Vai Parar

O Trabalho Não Vai Parar!

Governo do Amazonas

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações