Home Entretenimento Famosos e TV Confira as marcas que já abandonaram o apresentador Sikera Jr após falas consideradas homofóbicas

Confira as marcas que já abandonaram o apresentador Sikera Jr após falas consideradas homofóbicas

2 minutos lido
519

Depois de suas declarações homofóbicas, o apresentador do Sikêra Jr, do programa “Alerta Nacional perdeu inúmeros patrocinadores na TV e na internet. Em seu programa seguinte as suas falas, Sikera disse estar “arrependido” e “sofrendo muito”, mas que não retira uma vírgula do que disse. Confira o comercial e depois os dois posicionamentos do apresentador.

Sikêra comentava uma peça publicitária feita pela rede de fast food Burger King em comemoração ao Dia Internacional do Orgulho LGBTI, celebrado na 2ª feira (28.jun). Assista (1min19s):

Resumidamente, a propaganda da famosa marca de comidas fast-food traz crianças de diferentes idades sendo entrevistadas, no intuito de explicá-las que ver pessoas do mesmo sexo juntas não é algo abominável, visto que algumas tem pais homossexuais.

O jornalista disparou contra o público LGBTQIA+, protagonista e alvo desse comercial, reprovando diretamente a mensagem passada e os acusando de quererem destruir a família:

Confira o posicionamento inicial do apresentador Sikera Jr com as falas que foram taxadas como homofóbicas

O pedido de desculpas do Sikera Jr

“Eu preciso reconhecer que me excedi. No calor do comentário, defendendo a inocência de crianças que eu sempre defendi. Posso ter usado palavras que me arrependo, sou humano. Errei, erro e vou errar”, disse.

Apesar de reconhecer o excesso, o apresentador voltou a afirmar que pessoas LGBTIs usam crianças como “peças publicitárias para vender ideologias”.

As desculpas do apresentador se referem a comentários feitos por ele em 25 de junho, em seu programa policialesco Alerta Nacional, veiculado nacionalmente pela RedeTV!. À época, Sikêra afirmou que a comunidade LGBTI precisa de “tratamento” e associou a homossexualidade à pedofilia.

Ao fim das declarações, ameaçou: “Uma hora esse povo brasileiro vai ter que fazer uma coisa maior, um barulho maior. A gente tá calado, engolindo essa raça desgraçada que quer que aceite que as crianças… Deixem as crianças!”.

MARCAS ABANDONAM PROGRAMA

A Tim, a MRV, a HapVida, a Blindex e a Sorridents interromperam seus contratos com o programa de Sikêra na TV depois da repercussão negativa.

Na internet, a leva de empresas que anunciaram boicote ao apresentador foi ainda maior: Seara; Kicaldo; Novo Mundo; Ford; Nivea; e Magazine Luiza.

MPF AJUÍZA AÇÃO CONTRA APRESENTADOR

O Ministério Público Federal ajuizou na 2ª feira (28.jun.2021) uma ação civil pública contra o apresentador Sikêra Jr. e a emissora RedeTV! por suposto crime de homofobia. A peça pede R$ 10 milhões em indenização por danos morais coletivos –valor que deverá ser destinado à estruturação de centros de cidadania LGBTI.

A ação foi assinada pelo procurador regional dos Direitos do Cidadão do Rio Grande do Sul, Enrico Rodrigues de Freitas, e pela advogada Alice Hertzog Resadori. Eis a íntegra (773 KB).

Sikera Jr / Divulgação
Comentários com Facebook
Receba nossas notícias no seu e-mail 📩:
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Famosos e TV

Leia Também

Aline Riscado não quer mais ser chamada de Aline Riscado, agora é Aline Campos, diz Aline não mais Riscado

Em uma nova fase espiritual, a atriz e modelo Aline Riscado, que completou 34 anos na terç…