Conheça mais sobre a Princesinha do Solimões, Manacapuru

514

Manacapuru é um município brasileiro localizado na região metropolitana de Manaus, e é quarto município mais populoso do estado do Amazonas com cerca de 94.175 habitantes (IBGE 2015), possuindo uma área de 9.329,234 Km.

Restauração

O prédio da Restauração fica situado na avenida Eduardo Ribeiro, no centro da cidade. Ele foi inaugurado no dia 1º de janeiro de 1898, seu nome é uma homenagem ao movimento conspirativo deflagrado em 30 de novembro de 1640, por 56 patriotas portugueses com fito de liberar Portugal do julgo Castela (1580-1640).

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A obra possui um valor arquitetônico imponente, revelando uma construção avançada para seu tempo e condições de  lugar. No local, funcionam atualmente vários projetos sociais como Sesc Ler, Projeto Jovem Cidadão, música e teatro. O prédio hoje dispõe de biblioteca, sala de cinema com capacidade para 40 pessoas, galeria de exposição de obras de artes e um anfiteatro, tudo disponível para a população manacapuruense.

Câmara Municipal de Manacapuru
(Av. Eduardo Ribeiro – Centro)

O prédio que ora representa o Poder Legislativo, aos moldes Judiciário, também passou a incorporar o espírito da democracia há relativamente a pouco tempo.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Cumpre ressaltar que as dependências em análise, além de sua função basilar, também se prestam para reuniões e manifestações populares. Em face da inexistência de uma facilidade específica, o local tem abrigado as periódicas do Tribunal do Júri, momentos em que a população se aglomera em seu interior para, avidamente, assistir a julgamentos de crimes de grande repercussão social.

Fórum de Justiça Dr. Giovani Figlioullo
(Av. Eduardo Ribeiro – Centro)

Somente a partir de 1994, esta portentosa construção passou a gozar do “status” de Fórum de Justiça da Comarca, tendo antes o Poder Judiciário se hospedado, sucessivamente nos dias atuais, prédio da Câmara Municipal e Sede da Unidade Educacional de Manacapuru. No decorrer de sua existência o prédio prestou-se a várias finalidades, alguns de de cunho público e outras de escopo privado.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Finalmente questionamos se a aparente solidão dessa ordenada pilha de cal, tijolo e pedra fruto de um momento específico da história e, diante de um impressionante rio Solimões circuncidado por exuberante vegetação, não se constitui em mais um dos diversos aspectos desse Amazonas festejado, que com sua enormidade, parece obscurecer todas as frágeis estruturas erigidas pela mão do homem.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Comentários