Home Notícias Amazonas Criança desaparecida há 7 dias em Manacapuru teria fugido para floresta para escapar de agressões

Criança desaparecida há 7 dias em Manacapuru teria fugido para floresta para escapar de agressões

3 minutos lido
1,290

Nesta quinta-feira (25/11) completa sete dias do desaparecimento de Gabriel Souza Chaves, de 11 anos, em Manacapuru, município distante 93 km de Manaus. O menino teria fugido para floresta para escapar de agressões que estaria sofrendo em casa. O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) informou na última quarta-feira que as buscas pelo menino devem continuar.

A operação de resgate o conta com equipe de resgate em ambiente de selva do Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente (BIFMA), Bombeiros do município e comunitários seguem ajudando na procura da criança.

Gabriel está desaparecido desde a última sexta-feira (19) quando saiu de casa, localizada na Vila do Jacaré, em Manacapuru. De acordo com informações repassadas por vizinhos à polícia, a criança sofria agressões cometidas pelo seu padrasto e, na sexta, após conflito familiar, a criança teria pego um terçado e adentrado a mata; desde então, não foi mais vista.

Segundo informações do conselheiro tutelar de Manacapuru, Lucas Serrão não havia denúncias sobre os maus-tratos na unidade; porém, durante buscas na residência da criança, foram achadas palmatórias – objetos usados para castigar crianças. Vale ressaltar que o uso de tais itens foi proibido desde os anos 1970, por seu uso ser considerado violência infantil.

Ainda segundo informações dos moradores da Vila do Jacaré, o local para onde Gabriel fugiu é uma área de mata extensa, onde são vistos com frequências animais selvagens, como: onças, jacarés e cobras. Na terça-feira (23), durante as buscas, foi encontrada uma cama feita com sacos plásticos, mas a criança não estava no local.

A delegada titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru, Roberta Merly, informou que Polícia Civil participa das buscas desde domingo (21/11) e, que, segundo informações de vizinhos, o menino sofre agressões, por isso saiu de casa por volta das 17h30 de sexta acompanhado de seus cães para uma área de mata. As investigações acerca do caso estão em andamento.

“A polícia foi acionada no último domingo (21/11), pelo Conselho Tutelar local, para verificar o caso. A autoridade policial informou, também, que a família alega que a criança possui deficiência mental, mas não há comprovação médica. Informes colhidos durante interrogatório com comunitários apontam que o menino sofre agressões físicas por parte de seu padrasto”, informou a delegada.

A conselheira tutelar de Manacapuru, Milca Ruiz, que acompanha o caso, informou que o irmão de 7 anos contou que estava junto com Gabriel assistindo televisão pela manhã, quando o padastro teria chegado e desligado o aparelho, repreendendo as crianças, logo depois, Gabriel teria saído de casa acompanhado dos cachorros da casa e com um terçado empunhado, em direção a floresta e a partir desse momento não foi mais encontrado. O irmão relatou ainda, que o padastro é rígido com os dois, e os agredia com pedaços de pau. Os dois irmãos moram com a mãe e o padrasto na residência localizada na zona rural de Manacapuru.

A delegada local, Roberta Merlyv, informou que a prioridade do momento é encontrar o garoto, as investigações já estão acontecendo para apurar os possíveis maus-tratos do padrasto com as crianças. Os pequenos relataram que tanto o padrasto, quanto a mãe, seriam usuários de droga.

Palmatórias encontradas na casa de Gabriel – Imagem: Divulgação

Durante buscas na residência da criança desaparecida, foram achadas palmatórias (objetos primitivos usados para castigar crianças que foram proíbidos desde os anos 1970, por causar violência infantil).

Criança desaparecida há 7 dias em Manacapuru teria fugido para floresta para escapar de agressões – Imagem: Divulgação
Criança desaparecida há 7 dias em Manacapuru teria fugido para floresta para escapar de agressões – Imagem: Divulgação
Comentários com Facebook

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Jussara Melo
Carregar Mais Em Amazonas

Leia Também

Hospitais públicos e privados deverão divulgar pacientes desconhecidos, de acordo com PL de Roberto Cidade

Os hospitais públicos e privados do Amazonas deverão divulgar, em site na internet, inform…