Dados sobre vítimas de violência doméstica no Amazonas agora estão reunidas graças a PRODAM - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, quarta, 29 de maio de 2024

Amazonas

Dados sobre vítimas de violência doméstica no Amazonas agora estão reunidas graças a PRODAM

Publicado

no

Um dos marcos do enfrentamento à luta pelo fim da violência contra mulher, o Sistema de Acompanhamento de Mulheres em Situação de Violência Domiciliar (SAM) desenvolvido pela empresa Processamento de Dados Amazonas S.A. (Prodam) completa sete anos em pleno uso. Atualmente, o sistema é utilizado pela Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), além de casas de abrigos e centros de apoio à mulher.

De acordo com a coordenadora do Serviço de Apoio Emergencial à Mulher (Sapem) Centro-Sul e Sul, Rafisa Santana de Souza, o SAM funciona como um banco de dados fidedigno que integra os serviços disponibilizados pelo Governo do Estado que oferecem à mulher em situação de violência doméstica todo apoio necessário para que ela consiga superar e romper com o ciclo de violência.

LEIA TAMBÉM  1ª morte por ‘Varíola dos Macacos’ é confirmada no Amazonas

“Por ser um banco de dados, o sistema impede que aconteça a revitimização da mulher que procura atendimento. Pois, se a mulher já passou pela Rede de Serviços, essas informações ficam armazenadas no sistema, permitindo assim identificar os casos de reincidências como também o histórico dessa mulher na Rede de Enfrentamento”, explicou Rafisa.

LEIA TAMBÉM  Governo do AM altera lista dos locais de vacinação que atenderão o mutirão Vacina Amazonas na sexta-feira e sábado (17 e 18/09)

Tecnologia – O SAM armazena informações pessoais da vítima e do agressor, a relação entre ambos, situação socioeconômica da família e estrutura social e urbana da área em que residem, histórico de saúde física e psicológica da vítima e da sua família, pareceres técnicos, situações de abrigo, encaminhamentos entre instituições e acompanhamento de evolução do caso.

Segundo o analista de TI da Prodam, Marcos Gomes, o sistema vem passando por evoluções constantes.

Publicidade
Entre no nosso grupo de Whatsapp

“Hoje o SAM gera diversas estatísticas sobre atendimentos, encaminhamentos, dados de indicadores sociais, perfis da vítima, etc. Desde que foi lançado, já são mais 50.500 atendimentos, entre iniciais e retornos. Essas informações são fundamentais, porque constituem a base para a implantação de políticas públicas”, afirmou Marcos.

LEIA TAMBÉM  Irmão de 8 anos chegou a carregar o irmão de 6 anos nas costas para ambos sobreviverem em floresta

O SAM também é usado no interior do estado, nas unidades dos Centros de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) em Presidente Figueiredo, Tefé, Santo Antônio do Içá e Barcelos.

Solução tecnológica da Prodam reúne dados sobre vítimas de violência doméstica no Amazonas / Foto: Lucas Silva/Secom

Solução tecnológica da Prodam reúne dados sobre vítimas de violência doméstica no Amazonas / Foto: Lucas Silva/Secom

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Gravo vídeos sobre cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo além de políticas públicas.

Lendas Amazônicas, Urbanas e Folclóricas!

Curta a gente no Facebook

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Tribunal de Contas do Amazonas

Últimas Notícias do TCE-AM

Assembleia Legislativa do AM

Últimas notícias da ALE-AM

Entre em nosso Grupo no Whatsapp

Participe do nosso grupo no Whatsapp

Últimas Atualizações