Home Notícias Amazonas De novo toda hora?! Deputado Saullo Vianna é alvo de operação do Ministério Público no AM

De novo toda hora?! Deputado Saullo Vianna é alvo de operação do Ministério Público no AM

1 minutos lido
125

O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público Estadual, com apoio da Polícia Civil, cumprem 13 mandados de busca e apreensão e 12 de buscas pessoais nas cidades de Presidente Figueiredo, Parintins e Manaus, nesta segunda-feira (15). As ações fazem parte da Operação Cachoeira Limpa, que investiga crimes de fraude à licitação, peculato, lavagem de dinheiro e de integrar organização criminosa.

Entre os alvos estão o deputado estadual Saullo Velame Vianna, o ex-prefeito de Presidente Figueiredo Romeiro José Costeira Mendonça (2017 a 2020), o ex-vice-prefeito Mário Jorge Bulbol Abrahão, o ex-secretário de finanças Jander de Melo Lobato, o ex-presidente da comissão permanente de licitação Jender de Melo Lobato, entre outros servidores públicos e empresários.

Segundo o Ministério Público, o grupo é suspeito de fraudar processos de licitação. Eles teriam causado um prejuízo de R$ 23 milhões aos cofres públicos do município de Presidente Figueiredo durante gestão que se encerrou em dezembro do ano passado.

Ainda de acordo com o MP, para dissimular o desvio do dinheiro público, os integrantes da organização abriam pessoas jurídicas em Manaus em nome de laranjas, controladas pelo deputado Saullo Vianna. Na época, Vianna era cunhado do então vice-prefeito Mário Abrahão.

Relatórios financeiros obtidos com a quebra do sigilo bancário, autorizada pela Justiça, revelam relação financeira suspeita entre as empresas que participaram das licitações em Presidente Figueiredo. Além das empresas pagarem as contas uma das outras, todas pagam contas pessoais do deputado Saullo Viana e de sua mãe.

Além dos pedidos de busca e apreensão e buscas pessoais, o Ministério Público solicitou a prisão e o afastamento do cargo de Saullo Vianna e a prisão de outros suspeitos, mas a Justiça negou os pedidos.

 

Outro lado

Em nota, o deputado Saullo Vianna afirmou que está à disposição para colaborar e que nenhuma acusação foi comprovada. Afirma que uma de suas atribuições como deputado é fiscalizar a aplicação do dinheiro público e que tem sido vigilante nessa função, atuando em defesa dos cidadãos. O texto informa ainda que a minha equipe jurídica do deputado foi acionada para que tome conhecimento da investigação e possa colaborar para que tudo seja esclarecido.

Os outros investigados ainda não se posicionaram.

Comentários com Facebook
Receba nossas notícias no seu e-mail 📩:
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Amazonas

Leia Também

Partida entre Manaus x Ypiranga marca o retorno da torcida do Gavião aos estádios e contará com a presença de 14 mil pessoas na Arena da Amazônia

Mais de 400 agentes da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) irão atuar dur…