Defesa Civil do Amazonas realiza curso preparatório para coordenadores do Estado

57

Na manhã dessa segunda-feira (10), a Defesa Civil do Amazonas deu início ao “Curso Teórico-prático em Ações de Prevenção e Resposta”, com foco na preparação das coordenações de Defesa Civil de 62 cidades do estado, visando a possível enchente de grandes proporções em 2019 e outros eventos naturais extremos. O curso acontece no auditório do Hotel Taj Mahal, no Centro da capital e vai até o dia 14 de dezembro.

O Secretário da Defesa Civil no Amazonas, Fernando Pires Junior, falou sobre o objetivo do curso. “Diante do período de chuvas intensas que atinge a região, a Defesa Civil do Amazonas age preventivamente, com o objetivo de orientar e munir os nossos coordenadores de novas técnicas, que agilizem a resposta à população, no caso de uma inundação extrema ou de outros eventos que venham a ocorrer durante o próximo ano”, ressaltou.

Coordenadores de Defesa Civil de todo o estado que participam do evento. / Foto: Divulgação/Defesa Civil
Coordenadores de Defesa Civil de todo o estado que participam do evento. / Foto: Divulgação/Defesa Civil

O curso está sendo ministrado pelo Coordenador Geral de Prevenção da Secretaria Nacional de Defesa Civil, Carlos Correia. Entre os temas abordados estão as Ações de Proteção voltadas a Mitigação, Preparação, Resposta e Recuperação; Elaboração de Diagnóstico e Plano de Trabalho; Importância da Prevenção; Gestão de Desastres; Recursos, entre outros.

Na parte prática, os coordenadores farão nesta semana uma vista técnica em uma área de risco da capital e em seguida será elaborado e apresentado um projeto de prevenção.

De acordo com a Coordenadora da Defesa Civil de Autazes, Patrícia Neves, “o aperfeiçoamento das técnicas é de suma importância, uma vez que a cidade já sente os efeitos das chuvas intensas”.

Agentes da Defesa Civil em trabalho de definição de cotas para enchente. / Foto: Divulgação/Defesa Civil
Agentes da Defesa Civil em trabalho de definição de cotas para enchente. / Foto: Divulgação/Defesa Civil

SIPAM alerta sobre enchentes
De acordo com o parecer hidro meteorológico do Sistema de Proteção da Amazônia (SIPAM), novembro de 2018 começou em “condições de normalidade”, mas evoluiu gradativamente para a “condição de excesso de precipitação (chuvas), sobre as regiões oeste, sul e sudoeste das bacias da Amazônia Ocidental, onde ficam as regiões do Juruá, Purus , Madeira e Alto Solimões. Para 2019, as previsões climáticas indicam anomalia e ainda com a previsão de ocorrência do fenômeno El Niño no primeiro trimestre.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Defesa Civil do Amazonas

Comentários