Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, segunda, 08 de agosto de 2022

Manaus

Dezembro bate recorde de demissões em Manaus

Publicado

no

Cerca de 1.800 pessoas são demitidas do PIM só em dezembro, diz Sindmetal-AM

FOTO REPRODUÇÃO

FOTO REPRODUÇÃO


De acordo com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Estado do Amazonas a campeã em demissões foi a Microsoft, com 1.200 demitidos; só hoje (11), 500 trabalhadores assinaram a homologação de demissão.
FOTO REPRODUÇÃO

FOTO REPRODUÇÃO


Os efeitos da crise econômica no nível de empregos continuam impactando a indústria local. Só neste mês, cerca de 1.800 pessoas foram demitidas do Polo Industrial de Manaus. Os dados são do Sindicato dos Metalúrgicos do Estado do Amazonas (Sindmetal-AM).
Valdemir Santana, presidente do sindicato, informou que os dados mais graves são da empresa Microsoft, que vendeu a fábrica que tinha da Zona Franca de Manaus, encerrando suas operações na capital. O resultado, segundo Santana, foi de 1.200 demissões, só nesta semana.
“Dentro dessas 1.200 pessoas, eles demitiram quase 200 pessoas com doenças ocupacionais e quase 40 mulheres grávidas. Essa empresa está há mais de 20 anos aqui em Manaus e sobrevivendo com os incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus, e no fim das contas é isso que faz com os trabalhadores”, afirmou Santana.
“Denunciamos ao Governo do Estado, ao Ministério Público, à Suframa, e até agora não houve audiência nenhuma com esses órgãos em relação com a Suframa”, complementa. As demissões de grávidas e pessoas com doenças ocupacionais não são homologadas pelo sindicato, pois são consideradas irregulares, explicou.
A Salcomp Industrial Eletrônica Da Amazônia Ltda também demitiu nesta semana quase 400 funcionários e a PP Vídeo dispensou a mesma quantidade. “Esse é o presente de papai Noel que esses caras, que ganham incentivos fiscais, fazem com os trabalhadores, não esperam nem as festas natalinas”, reclamou Santana.
Só nesta sexta-feira (11), cerca de 500 trabalhadores estiveram na sede do Sindmetal-AM, homologando demissões.
Queda na produção industrial
Em outubro, o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPGO), Nelson Barbosa anunciou a revisão da política que concede redução zero nos benefícios fiscais dos produtos como smatphones, tablets, computadores e notebooks, que acumulam o terceiro maior faturamente (16,5%) do PIM.
De acordo com um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado nesta terça-feira (8), a produção industrial no Amazonas registrou em outubro o seu quinto mês consecutivo de queda.
Em relação a outubro de 2014, houve queda em 13 dos 15 locais, com destaque para Amazonas (-20,6%). No acumulado do ano, houve queda em 12 dos 15 locais, sendo a mais intensa observada também no estado (-15,1%).
Direitos pagos
Em nota, a Microsoft informou que o ajuste no quadro de funcionários faz parte da decisão de encerrar a sua fabricação em Manaus, conforme anunciado desde setembro. A companhia esclareceu ainda que pagou para todos os seus funcionários mais do que determina a lei, como ao menos um salário extra e plano de saúde por mais um mês. A empresa ressaltou ainda que apoiou todos os colaboradores durante essa transição e fez reuniões periódicas com funcionários e sindicato para esclarecer as etapas do processo.
FONTE: http://migre.me/sofez
 

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇...

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Atualmente, participo de diversas ações e discussões na área de cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo, além de ações sociais.

Continue Lendo

Agosto dourado: mês de incentivo ao aleitamento materno

Agosto dourado: mês de incentivo ao aleitamento materno

Falando de Contas

Programa do TCE-AM

Facebook

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Tribunal de Contas do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações