Divulgados registros inéditos que mostram corais na região amazônica - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, Sexta-Feira, 01 de Março de 2024

Amazonas

Divulgados registros inéditos que mostram corais na região amazônica

Publicado

no

No ultimo sábado (28/1), foram divulgadas as primeiras imagens feitas de um raro ecossistema formado na região amazônica. O registro foi feito durante a expedição comandada pelo Greenpeace que está identificando e catalogando recifes de corais descobertos há pouco mais de um ano na costa do Amapá.

Primeiras imagens dos Corais da Amazônia registradas pelo submarino ©Greenpeace

Primeiras imagens dos Corais da Amazônia registradas pelo submarino ©Greenpeace

Os recifes, localizados a 220 metros de profundidade, surpreenderam os pesquisadores que identificaram esponjas, corais e rodolitos e um grande paredão formado por carbonato de cálcio. A estrutura abriga diversas espécies de peixes, como atum e cioba.

LEIA TAMBÉM  Cerca de 900 mil kg de peixe passaram por portos centrais do Amazonas na primeira metade de 2019

A expedição acontece a 100 quilômetros do litoral do Amapá e os pesquisadores estão a bordo do navio Esperanza, considerado o maior barco ecológico do Greenpeace. O acesso às profundezas é feito em dois submarinos.

Ronaldo Francini Filho e John Hocevar fazem o primeiro mergulho no submarino - Foto ©Marizilda Cruppe / ©Greenpeace

Ronaldo Francini Filho e John Hocevar fazem o primeiro mergulho no submarino – Foto ©Marizilda Cruppe / ©Greenpeace

A expedição iniciou em 24 de janeiro e vai durar ao todo 16 dias pelo Oceano Atlântico.
A descoberta do recife é recente. Eles foram citados pela primeira vez em maio de 2016 por um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que explorou a costa Leste do Amapá, na fronteira com a Guiana Francesa. Os estudos da época utilizaram redes para recolher fragmentos dos corais. A viagem do Greenpeace é a primeira a descer na área.

A diversidade de vida nos Corais da Amazônia surpreendeu os cientistas ©Greenpeace

Primeiras imagens dos Corais da Amazônia registradas pelo submarino ©Greenpeace

Como são de água barrenta, eles têm características próprias até então nunca vistas na ecologia marinha e abrangem uma área de 9,3 mil quilômetros quadrados, cerca de 20% maior que a região metropolitana de São Paulo.

LEIA TAMBÉM  Amazonas permanece sem óbitos da Covid-19, diz o Boletim da FVS-RCP, neste domingo (21/11)

A proposta da expedição é chamar a atenção de petrolíferas que ganharam o leilão para explorar a costa do estado, o que, segundo os ativistas, poderia acabar com a vida dos corais. Para o Greenpeace, os recifes estão ameaçados pelo fato de estarem localizados dentro dos lotes a serem explorados pelas duas petrolíferas que ganharam a licitação feita pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), em 2013. O arremate total foi de R$ 802 milhões.

LEIA TAMBÉM  As Feiras de Produtos Regionais da ADS retornam em Manaus a partir desta terça-feira (9)

 

Publicidade
Confira as últimas notícias do TCE-AM

Siga o canal

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Curta a gente no Facebook

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Tribunal de Contas do Amazonas

Últimas Notícias do TCE-AM

Águas de Manaus

Últimas notícias da Águas de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas notícias da ALE-AM

Câmara Municipal de Manaus

Acompanhe nossas transmissões

Entre em nosso Grupo no Whatsapp

Participe do nosso grupo no Whatsapp

Últimas Atualizações