Entrevista exclusiva com Mayank Bidawatka, co-fundador do Koo - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, sábado, 04 de fevereiro de 2023

Internacional

Entrevista exclusiva com Mayank Bidawatka, co-fundador do Koo

Publicado

no

Mayank Bidawatka

O Portal No Amazonas é Assim conversou com o Mayank Bidawatka, co-fundador do Koo app. O Koo é hoje o segundo maior micro-blog do mundo e explodiu de brasileiros migrando para lá. Muitos desses migraram durante o primeiro para o segundo turno da campanha eleitoral que sagrou-se vencedor o presidente Luís Inácio Lula da Silva e no meio dos desmontes da rede social Twitter em meados de novembro.

O aplicativo indiano Koo cresceu de forma meteórica após divulgação massiva de influencers brasileiros, entre eles, o youtuber Felipe Neto. Felipe Neto, aliás, foi o primeiro brasileiro a ter o selo verificado na plataforma e atualmente possui o maior número de seguidores na rede. Os dados do aplicativo Koo explodiram em um curto espaço de tempo.

Para se ter uma ideia de contexto,  até o dia 16 de novembro, apenas dois mil usuários brasileiros utilizavam o Koo, o que colocava o Brasil na 75ª posição na lista de países com mais usuários únicos vitalícios, mas foi no dia 18, mais de um milhão de brasileiros se cadastraram na rede social, o que colocou o Brasil em segundo lugar na lista! Nesse mesmo momento o aplicativo ficou em 1º lugar na Play Store do Google e na App Store da Apple no Brasil.

Isso fez com a que a empresa corresse para providenciar um suporte em português. O Koo recebeu tantos envios e comentários que o site ficou instável. Personalidades como Felipe Neto, Casimiro, Bruno Gagliasso e Pocah criaram as contas oficiais na rede social. No entanto devido ao nome, o app caiu na graça do brasileiro e virou meme, que tem a mesma pronúncia de “cu”, termo vulgar para o ânus.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Isso fez com a própria empresa fizesse no Twitter uma enquete se eles precisariam trocar o nome, e a opção de trocar o nome foi rejeitada.  O resultado final foi de 71,8% para não.

Claro que o nome da rede social , gerou identificação , trocadilhos e muitos memes, e assim, através do marketing orgânico, bombou no país e segue bombando. Junto com as novidades, surgem também a necessidade de examinar mais a fundo quem são os proprietários, quais são as políticas da empresa e como estão lidando com esse sucesso, afinal, o Koo tornou-se a principal alternativa para quem quis abandonar o Twitter e por isso mesmo é fundamental destacar que eles agiram no tempo certo e no local certo.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

A similaridade do Koo com o Twitter não é por acaso, uma vez que os próprios idealizadores do Koo se inspiraram no Twitter. A plataforma tem quase as mesmas funções, com a principal diferença de permitir um número maior de caracteres.

A logo é também é de um passarinho. O nome é similar na funcionalidade:  Enquanto o Twitter se refere aos sons, ao pio, dos pássaros; Koo é o som que o pássaro amarelo emite lá na Índia.

Apesar de recentemente ter se popularizado no Brasil e estar figurando entre os apps de destaque, o Koo foi lançado em março de 2020 como um microblog alternativo para compartilhar atualizações e opiniões pessoais. Um dos diferenciais da plataforma é ter suporte para diversos idiomas indianos, além de ser a única rede social do país que compete com outras plataformas globais do mesmo formato.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

A rede social tem se aperfeiçoado e cada vez mais se esforçando para não deixar falha de segurança. Recentemente ocorreu uma invasão no perfil do youtuber Felipe Neto e deu uma estremecida, afinal, mal chegaram os brasileiros, e com eles algumas situações que conhecemos bem.

Atualmente, a plataforma está disponível em 10 idiomas e tem usuários de mais de 100 países, incluindo EUA, Reino Unido, Canadá e o Brasil. É possível baixar o app para o sistema Android ou iOS.

O Koo foi desenvolvido por Aprameya Radhakrishna e Mayank Bidawatka, e foi justamente com o Mayank Bidawatka, que eu realizei essa entrevista exclusiva.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Mayank Bidawatka

Mayank Bidawatka / Foto : Divulgação

No Amazonas é Assim :  Obrigado por disponibilizar um tempo e tirar algumas dúvidas dos nossos leitores. Gostaria de começar perguntando sobre os planos de vocês para o Brasil. Eu li que vocês estão planejando abrir um escritório no Brasil para operar melhor com o Koo por aqui. Vocês já tiveram no Brasil alguma vez, e o que vocês sabem sobre os brasileiros?

Mayank Bidawatka:  Agradeço a oportunidade e com alegria digo que o Brasil é um país que nos apaixonamos. As pessoas são calorosas, amigáveis e divertidas. Eles são felizes não importa o que estejam passando. Nós definitivamente amamos o espírito dos Brasileiros. O amor que recebemos é simplesmente inimaginável. Os brasileiros são as pessoas mais felizes que já conhecemos!

O comportamento brasileiro contribuiu para o aumento exponencial de usuários. Todo o crédito aos brasileiros e sua energia positiva por tornar Koo tão popular. Para nós, como empresa, estávamos no lugar certo e na hora certa

Estaremos contratando pessoas no Brasil, sim. Acreditamos fortemente no emprego local para cargos importantes.

No Amazonas é Assim :  Você disse que está planejando atrair mais criadores de conteúdos para o Koo e compartilhar ganhos com eles. Você poderia nos fornecer mais informações sobre isso?

Mayank Bidawatka:  É importante que todos se beneficiem de uma plataforma. Incluindo e principalmente os criadores. Estamos trabalhando em maneiras de tornar isso possível. Ainda estamos na fase de arquitetura desse sistema. Poderei falar sobre isso de forma significativa quando tivermos alguns experimentos bem-sucedidos.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

No Amazonas é Assim :  Ouvi que sua empresa tinha 200 pessoas trabalhando.. Depois do boom de Brasileiros, você contratou mais pessoas ou está aguardando para saber o que virá?

Mayank Bidawatka:   Acreditamos no emprego local. Teremos trabalhadores locais para executar as operações nos países em que operamos. Muitas de nossas principais operações ainda serão feitas da Índia, mas as operações locais serão desenvolvidas pelas equipes locais.

Atualmente, temos mais de 200 funcionários localizados principalmente na Índia. Ainda estamos no começo, mas estamos contratando pessoas que falam bem o português do Brasil.

No Amazonas é Assim :  Você estão crescendo rápido como um foguete, isso não dá um medo de isso seja um hype e depois de algumas semanas a galera abandone?

Mayank Bidawatka:  Aqui está uma resposta direta à sua pergunta:

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

  1. Só crescemos desde o dia em que lançamos. Você pode ver isso no engajamento na plataforma.
  2. Os criadores obtêm mais seguidores e engajamento aqui do que em outras plataformas. Isso se deve ao nosso foco no idioma e à nossa guia de “pessoas”. Você pode ver alguns tweets como prova desta afirmação. Este é um desses exemplos. E esse.
  3. O engajamento é muito mais genuíno por causa de pessoas reais no Koo. Veja este Tweet.
  4. Koo é uma plataforma muito mais feliz. Veja este depoimento do Felipe Neto para entender melhor.
  5. As pessoas realmente ficam viciadas na plataforma quando começam a usá-la por causa do engajamento. Veja este depoimento do Felipe Castanhari.
  6. Nós engajamos com as pessoas em português. Estamos conectados com as pessoas e extremamente focados no usuário. Continuaremos fazendo alterações que os usuários nos solicitem. E nossa velocidade de desenvolvimento é muito mais rápida do que qualquer outra plataforma social.
  7. Temos várias ferramentas que estarão disponíveis na segunda-feira que ajudarão as pessoas a migrar do Twitter e também ajudarão os usuários a obter uma marca de verificação de autoverificação.

Esta tabela é um dado de alcance do presidente Lula. Você notará a diferença de engajamento entre o Koo e o Twitter.

Dados comparativos do Koo do Lula

Dados comparativos entre o Twitter e o Koo do Lula

Esta tabela abaixo são dados de Felipe Neto. Ele é a personalidade brasileira mais seguida no Koo. Veja a diferença de engajamento entre nossa plataforma e o Twitter.

Dados comparativos do Koo do Felipe Neto

Dados comparativos entre o Twitter e o Koo do Felipe Neto

Tudo isso são dados disponíveis publicamente e você também pode analisá-los.

O idioma é o nosso maior diferencial. Imagine poder falar em francês ou espanhol enquanto cria em português. Esse é um superpoder para todos os criadores se expressarem além do idioma principal que conhecem. Isso ajuda a expandir o alcance de um criador. Mostre-me uma plataforma de mídia social que oferece essa capacidade a qualquer pessoa!

Além disso, Koo é um novo lar. É cheio de felicidade, diversão e alegria. O povo do Brasil pode fazer o que quiser. É um novo começo para criar um ótimo humor na plataforma. Todos procuram um ambiente feliz. Isso é o que Koo criou.

Posso continuar dando infinitas razões sobre por que isso não é um fenômeno temporário, mas quero que o tempo seja a melhor prova disso.

No Amazonas é Assim :  Vi que seu app é baseado principalmente em cultura e diversidade. Entre amigos, vocês já estão planejando vir para a Amazônia comer um delicioso peixe e ver como nossa cultura é incrível e rica? Ou esse tipo de coisa não é um pensamento agora….

Mayank Bidawatka:   haha. Queremos muito conhecer o país. Infelizmente sou vegetariano. Então eu acho que meu campo de experimentos será limitado a isso. Mas estou mais animado para conhecer as pessoas e amigos que fiz na plataforma do que a culinária. Já fiz grandes amigos.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

No Amazonas é Assim :  Você estavam planejando se tornar um fenômeno no Brasil antes de 2023? Quantas pessoas da empresa são brasileiras?

Mayank Bidawatka:   Temos uma forte conexão com o Brasil. Não poderíamos ter imaginado isso 3 semanas atrás. Temos milhões de usuários e mais de 500 contas verificadas do Brasil agora. Tenho certeza que vamos continuar crescendo. Não esperávamos que isso pudesse acontecer tão rápido. Os usuários têm generosamente nos enviado pedidos de novos recursos e temos atendido a eles em um ritmo muito rápido. Pretendemos continuar a fazê-lo também no futuro. Nossa prioridade número 1 como uma empresa que prioriza o usuário é  permitir que os brasileiros postassem em português. A equipe Koo engajou e conquistou o coração de milhões de brasileiros com suas respostas na velocidade da luz e engajamento muito humano.

Como empresa, tudo o que importa para nós são nossos usuários. Se eles estão felizes, nós estamos felizes.

Vamos dobrar a aposta no mercado brasileiro. Estamos contratando uma equipe local para gerenciamento, comunicação e operações da comunidade. Estamos muito confiantes de que o Brasil também será um dos nossos principais mercados no futuro. A propósito, pretendemos abrir a plataforma para o mundo e expandir para muitos outros países nas próximas semanas, então nos desejem sorte! Até este fim de semana, você verá mais de 15 novos idiomas globais na plataforma!

Depois dessa entrevista, resolvemos criar o Koo do No Amazonas é Assim, então quem quiser entrar no nosso Koo só seguir o link https://www.kooapp.com/profile/noamazonas

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Atualmente, participo de diversas ações e discussões na área de cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo, além de ações sociais.

Facebook

Agência de Desenvolvimento Sustentável

Matrículas 2023 para novos alunos

Matrículas 2023 para novos alunos

O Trabalho Não Vai Parar

O Trabalho Não Vai Parar!

Governo do Amazonas

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações