Estoque da Central de Medicamentos é abastecido com 500 mil comprimidos de Risperidona

58

A Central de Medicamentos do Amazonas (Cema) recebeu, nesta segunda-feira (11/2), uma remessa de 500 mil comprimidos de Risperidona, quantidade suficiente para abastecer as unidades de sa√ļde da rede estadual por at√© cinco meses.

De acordo com o vice-governador e secret√°rio estadual de Sa√ļde, defensor Carlos Almeida, a remessa do medicamento j√° √© resultado das aquisi√ß√Ķes que est√£o sendo feitas pelo Governo do Amazonas para suprir a necessidade da rede, cujo abastecimento foi recebido em situa√ß√£o cr√≠tica no in√≠cio dessa gest√£o.

O Risperidona é indicado para pacientes com transtornos de ansiedade, do humor e bipolares, depressão e psicose. / Foto: Roberto Carlos/Secom
O Risperidona é indicado para pacientes com transtornos de ansiedade, do humor e bipolares, depressão e psicose. / Foto: Roberto Carlos/Secom

A Secretaria de Estado de Sa√ļde (Susam) conseguiu comprar, por meio de Ata de Registro de Pre√ßo, mais de 50% dos produtos que atendem ao padr√£o das unidades para os pr√≥ximos tr√™s meses. ‚ÄúAbastecimento e pagamentos das empresas est√£o entre as nossas prioridades e estamos trabalhando nas duas frentes para que isso se normalize‚ÄĚ, disse Almeida. A previs√£o √© de que toda a remessa de medicamentos e insumos rec√©m-adquirida chegue at√© o dia nove de mar√ßo.

O Risperidona é indicado para pacientes com transtornos de ansiedade, do humor e bipolares, depressão e psicose. O medicamento também é prescrito a pacientes com autismo. A medicação é dispensada gratuitamente nas Policlínicas Zeno Lanzini, Gilberto Mestrinho e Codajás; no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Silvério Tundis, no Hospital Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) José Lins e no Centro de Atenção à Melhor Idade (Caimi) Ada Viana.

Segundo o coordenador da Cema, Ant√īnio Paiva, de imediato, as sete unidades de sa√ļde do estado que dispensam Risperidona, devem receber 101.500 comprimidos para este m√™s. Ele contou que houve aumento na demanda do estado, porque o Munic√≠pio de Manaus, que tamb√©m dispensava a medica√ß√£o em suas unidades, deixou de fornecer no final do ano passado. Ainda segundo o gestor da Cema, a partir desta semana, h√° programa√ß√£o para a chegada de medicamentos e insumos at√© dia nove de mar√ßo.

Prioridade
Carlos Almeida ressalta que o desabastecimento das unidades com medicamentos e insumos hospitalares foi um dos pontos críticos identificados no início da nova gestão e que vêm sendo tratado com prioridade no Governo Wilson Lima.

‚ÄúA Cema foi recebida com estoque critico. N√£o houve (no governo anterior) o planejamento adequado para saber se tinha dinheiro para comprar e tamb√©m n√£o se deflagrou os processos licitat√≥rios dentro do per√≠odo necess√°rio. Come√ßamos o esfor√ßo nesse sentido, desde quando iniciamos o governo, h√° pouco mais de 30 dias. Estamos trabalhando para que essa situa√ß√£o tenha solu√ß√£o definitiva‚ÄĚ, disse.

*Com informa√ß√Ķes de assessoria

Coment√°rios

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade. Você será banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.