Home Notícias Internacional EUA avalia exigir de turistas acesso a redes sociais e e a lista de contatos no celular

EUA avalia exigir de turistas acesso a redes sociais e e a lista de contatos no celular

1 minutos lido
7

As políticas imigratórias do governo do presidente Donald Trump, nos Estados Unidos, estão indo muito além da construção de um muro, ou bloqueio da entrada de alguns países na terra do tio Sam. Depois de anunciar duras regras de imigração, Trump avalia uma nova “medida de segurança”: obrigar estrangeiros que tentam entrar no país a informarem quais sites visitam e a lista de contatos no celular. Segundo fontes da rede CNN, se a regra for aprovada, viajantes que não concordarem em fornecer as informações podem ser impedidos de entrar no país.

A possível medida foi comentada pelo diretor de políticas da Casa Branca, Stephen Miller, em conversa com oficiais dos departamentos de Estado e de Segurança Interna, além de agentes da Patrulha de Fronteira. A proposta prevê que turistas revelem, além da agenda telefônica e o histórico de sites visitados, seus perfis nas redes sociais.

De acordo com a CNN, porém, as políticas de implementação da checagem eletrônica ainda estão sendo discutidas, e a proposta pode esbarrar em questões de privacidade.

Em dezembro, ainda na administração de Barack Obama, o governo americano começou a pedir que turistas informassem voluntariamente seus perfis nas redes sociais, informou o site Politico. A opção aparecia nos formulários preenchidos por visitantes dos 38 países que têm isenção de visto de turismo para os Estados Unidos. O campo, porém, não era obrigatório.

EUA avalia exigir de turistas acesso a redes sociais e e a lista de contatos no celular
EUA avalia exigir de turistas acesso a redes sociais e e a lista de contatos no celular / Divulgação
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Internacional

Leia Também

Protestos na Colômbia: qual a razão dos confrontos que já deixaram 19 mortos

Grupos locais de direitos humanos afirmam que a cifra de mortos já passou dos 20. A crise …