Ex-secretária da Susam afirma que vice-governador era quem mandava na Saúde - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, sábado, 28 de janeiro de 2023

Polícia

Ex-secretária da Susam afirma que vice-governador era quem mandava na Saúde

Publicado

no

Na última terça-feira (20/10), foi divulgado o depoimento da ex-secretária da Saúde do Estado do Amazonas, Dayana Mejia, à Polícia Federal (PF) no inquérito da Operação Sangria, que investiga o superfaturamento na compra de respiradores pulmonares pela Secretaria de Saúde do Amazonas (SES).

Vice Governador Carlos Almeida – Imagem: Divulgação

De acordo com documento, Dayana afirma que o vice-governador Carlos Almeida Filho era quem controlava a pasta da saúde no Estado.

Quando questionada sobre qual a influência do vice governador no processo de aquisição dos respiradores com suspeita de superfaturamento, Dayana Mejia não soube responder.

Foi perguntado da ex-secretária se a mesma conhecia Luciane Zuffo, proprietária da empresa Sonoar. Dayana respondeu que sim, e que conheceu a empresária há dois ou três anos atrás e que tinha um relacionamento profissional com Luciane, que tinha conhecimento que a empresária alugava respiradores.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Questionada sobre se teria entrado em contato com Luciane para solicitar respiradores pulmonares das marcas ‘Stellar’ e ‘Trilogy’, a ex-secretária disse que não, que foi a empresária que ligou oferecendo os produtos.

No interrogatório, foi perguntado se a ex-secretária teria direcionado a compra para a Sonoar ou se recebeu orientação para fazer a compra, de pronto, Dayana respondeu que não houve direcionamento na compra para a empresa.

Foi perguntado, ainda, da ex-secretária, qual o motivo da empresa Vineria Adega servir como intermediária na venda dos respiradores. Dayana disse que não tinha conhecimento.

Questionada sobre qual seria a participação do ex-secretário da Saúde, Rodrigo Tobias, de Perseverando Trindade, João Paulo, Alcineide Pinheiro e Ronald Gonçalo no esquema, a ex-secretária disse que não tinha conhecimento detalhado, mas, que acreditava que existia uma relação hierárquica que envolve o secretário a época, Rodrigo Tobias, Perseverando (ordenador de despesa), João Paulo (secretário-executivo), Alcineide (subordinada de João Paulo) e Ronald (vinculado ao secretário executivo João Paulo).

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Sobre o marido da ex-secretária de Comunicação, Daniela Assayag, o empresário Luiz Carlos Avelino, a ex-secretária disse que o conhecia, mas, que não sabia da participação dele na venda dos respiradores.

A respeito de Gutemberg Alencar, Dayana disse que não o conhecia, que apenas ouviu, em numa reunião sobre os equipamentos, a secretária de Saúde, Simone Papaiz, mencionar o nome Alencar.

Em depoimento, ao ser questionada sobre se tratou a respeito da aquisição dos respiradores pulmonares com o Governador ou Vice, a ex-secretária disse que, sim, que tratou diretamente com o governador Wilson Lima (PSC) devido ao processo de aquisição não ter caminhado e a urgência dos aparelhos por conta dos aumentos das mortes pela Covid-19.

Confira o documento do depoimento na íntegra:

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Atualmente, participo de diversas ações e discussões na área de cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo, além de ações sociais.

Agência de Desenvolvimento Sustentável

Facebook

Matrículas 2023 para novos alunos

Matrículas 2023 para novos alunos

Nos Siga no Facebook

Nos siga no Facebook ⤵. Isso é muito importante pra gente 💚

O Trabalho Não Vai Parar

O Trabalho Não Vai Parar!

Governo do Amazonas

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações