Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, sexta, 19 de agosto de 2022

Internacional

Facebook agora é Meta, entenda a mudança do nome

Publicado

no

Nesta quinta-feira (28/10) o Facebook anunciou novidades sobre seu ambiente virtual, o metaverso, durante o evento Facebook Connect 2021. Ao final da apresentação, Mark Zuckerberg, presidente-executivo da empresa, reservou alguns minutos para a maior novidade do dia: a mudança de nome. Agora, o grupo dono da rede social azul, do Instagram e do WhatsApp vai se chamar Meta.

Mark Zuckerberg, fundador e presidente executivo, contou que  a rede social Facebook continua existindo com o mesmo nome, assim como o app e o endereço facebook.com. Mas a empresa que a administra o aplicativo, além do Instagram e do WhatsApp, esta vai mudar de nome.

Durante o evento, Zuckerberg disse que o nome Facebook não abrange totalmente tudo o que a empresa faz. “No momento, nossa marca está intimamente ligada a um produto só. Mas, com o tempo, espero que sejamos vistos como uma empresa de metaverso.”

Durante um encontro com jornalistas realizado ontem (27/10) a companhia também apresentou lançamentos de realidade virtual e realidade aumentada em suas plataformas. O metaverso se trata de um espaço 3D com vários níveis de imersão. “Ao invés de apenas olhar para a tela, você estará nela”, afirmou Sue Young, diretora de produtos do Facebook. “Já que passamos tanto tempo em frente a telas, queremos que seja um tempo de qualidade.”

A aposta da empresa de Mark Zuckerberg é de que o metaverso seja o futuro da internet. Entre os novos aplicativos, estão o Polar, uma ferramenta para desenvolvimento de filtros, e novas capacidades do Spark AR (software de realidade aumentada do Facebook), como inclusão de objetos virtuais em locais mapeáveis e interação entre o corpo e objetos virtuais. Todas as novidades fazem parte do projeto do metaverso, que será acessível de qualquer dispositivo A plataforma também anunciou um investimento de US$ 150 milhões na formação de programadores em RV (realidade virtual) e RA (realidade aumentada). Os candidatos receberão um certificado e serão treinados para criar ambientes virtuais e jogos.

Horizon Para colocar a ideia em prática, o Facebook fez um grande investimento na plataforma Horizon, o ambiente de imersão em RV, e apresentou o Horizon Home, disponível por meio do dispositivo Oculus Quest, um óculos de realidade virtual que parece uma máscara nos olhos e é a grande aposta para o futuro.

No Horizon Home, será possível reunir amigos por meio de avatares, assistir vídeos juntos, jogar e usar outros aplicativos ao mesmo tempo. O Facebook vai permitir fazer login com uma conta profissional para trabalhar em um ambiente virtual no Quest. Será possível checar sua lista de tarefas e customizar a sala de trabalho com pôsteres e logos da empresa. Haverá uma experiência de painéis em 2D para enxergar aplicativos como o Slack e o Dropbox, além do próprio Facebook e do Instagram.

A vantagem do modelo, segundo a empresa, é permitir que o funcionário seja multitarefas no ambiente virtual. Os testes do escritório virtual começarão este ano e o lançamento da plataforma completa acontecerá em 2023. Messenger Uma nova versão do Messenger vem aí. A novidade será a possibilidade de fazer ligações em RV e, por meio delas, fazer viagens por ambientes de realidade virtual.

Suor virtual Um pacote de ambientes para praticar exercícios físicos também estará disponível nos Oculus. Será possível praticar boxe em um ambiente ultra realista, frequentar estúdios fitness do jogo FitXR e do Player 22, da Rezzil. Ambos os aplicativos são usados por atletas profissionais, segundo o Facebook, e estarão disponíveis para qualquer usuário do Oculus. Em 2022, será adicionado também um pacote de acessórios fitness para tornar a experiência com o Quest 2 ainda mais real. Será possível até mesmo limpar o “suor virtual” após uma sessão de treino. Avatares, backup e jogos Para os usuários do Oculus, haverá também uma “plataforma de presença”, com recursos de inteligência artificial e comandos de voz. Qualquer desenvolvedor poderá criar aplicativos para testar no Quest. Novos avatares em realidade virtual também estarão disponíveis a partir de dezembro deste ano.

Para os jogadores, estará disponível um recurso de multiplayer. A pessoa poderia convidar outras para participar de um jogo em RV. O Facebook também anunciou um novo sistema de backup em nuvem para armazenar dados de aplicativos do dispositivo, progresso e configurações de jogos.

Com novas funções nos aplicativos do próprio Facebook, será possível adicionar objetos virtuais em qualquer lugar do mundo real. Os objetos podem ser frases de textos, gifs, figurinhas e personagens que ficarão flutuando na tela. O Facebook também está testando incluir experiências em realidade virtual em lugares que já existem, como a inclusão de uma caça ao tesouro em um parque temático ou uma visita guiada em uma cidade turística. Em novembro, será lançado o Body Tracking e o Hand Tracking, espécies de filtros que alteram o corpo e podem incluir objetos pelo corpo e nas mãos.

A ferramenta Polar será outra que vai permitir criação de efeitos e filtros, só que sem usar códigos do Spark AR. Qualquer pessoa poderá desenvolver objetos voadores e imagens em 3D nas plataformas do Facebook. Será possível escolher um tipo de maquiagem, cor dos olhos e do cabelo, tatuagens, tom de voz, imagem de fundo, filtros de cores, acessórios e efeitos especiais.

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇...

Combate à violência contra a mulher: Essa luta é de todos nós

Combate à violência contra a mulher: Essa luta é de todos nós

Agosto dourado: mês de incentivo ao aleitamento materno

Agosto dourado: mês de incentivo ao aleitamento materno

Falando de Contas

Programa do TCE-AM

Facebook

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Tribunal de Contas do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações