Família descobre que menor morreu após ver vídeo do corpo em grupos de Whatsapp

12699

Uma jovem de 16 anos, Alice de Lima Vieira, havia desaparecido no último sábado (8) no bairro União da Vitória. A família em desespero começou a buscar a jovem dia e noite.

Na manhã desta segunda-feia (11) o corpo de Alice foi encontrado pela Polícia Militar do Amazonas juntamente com a Companhia Independente de Policiamento com Cães (CipCães),

A família, porém, só tomou conhecimento que se tratava da menor após receber através de grupos de Whatsapp o corpo de uma pessoa desaparecida em uma área de mata, foi então quando a família percebeu que tratava-se do corpo da Alice. Após o reconhecimento pelo vídeo, a mãe de Alice procurou a delegacia.

A menor, identificada nas imagens pelo tio paterno que acompanhou parte das buscas, teria desaparecido por volta das 15h, do último sábado (8) depois de receber uma ligação. Ainda de acordo com o familiar, a mãe da vítima recebeu mensagens após descobrirem a senha do telefone dela.

“Entraram no Facebook dela e enviaram algumas mensagens para a mãe dela com um ‘joinha’. Em seguida, enviaram mensagem informando que o corpo estaria entre a ruas 26 e 27, do União da Vitória”, disse ele. Alice teria deixado um filho de dois anos e as buscas seguem no local.

Apesar da pouca idade, Alice deixou uma filha de 2 anos e 5 meses e segundo a mãe, já estaria sofrendo ameaças por parte de traficantes do bairro.

Nesta manhã, a polícia chegou em um suposto cativeiro onde ela teria sido violentada e espancada antes de ter seu corpo jogado em um igarapé.

Equipes da Polícia Militar conversaram com um homem que estava no local. Nas imagens divulgadas através do vídeo feito pelos supostos assassinos mostram a vítima jogada no meio de uma área de mata já sem vida. Ela apresenta vários hematomas e muito sangue pelo corpo.

Enquanto uma polícia apura o caso no suposto cárcere, outra equipe faz buscas por uma área de mata e igarapé, onde o corpo de Alice teria sido abandonado.

Família descobre que menor morreu em Manaus após ver vídeo do corpo em grupos de Whatsapp
Família descobre que menor morreu em Manaus após ver vídeo do corpo em grupos de Whatsapp

Comentários