Fofoca vira tragédia: Morre jovem vítima de fake news sobre envolvimento com Whinderson - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, segunda, 15 de julho de 2024

Polícia

Fofoca vira tragédia: Morre jovem vítima de fake news sobre envolvimento com Whinderson

Publicado

no

Fofoca vira tragédia: Morre jovem vítima de fake news sobre envolvimento com Whinderson

Em uma reviravolta trágica e alarmante, a jovem Jéssica Vitória Canedo, de 22 anos, não resistiu a uma batalha desigual contra as fake news que assolaram a vida dela nos últimos dias. A mãe da jovem, Inês Oliveira, havia implorado ao perfil responsável pelas disseminações de fofocas, “CHOQUEI”, para que retirasse as publicações de fake news, uma vez que a filha enfrentava sérios problemas de depressão.

No entanto, a resposta foi de deboche por parte de um dos responsáveis pela página, mesmo diante do apelo desesperado de uma mãe preocupada com a saúde mental da filha. O perfil pessoal do indivíduo à frente da “CHOQUEI”,  que ostenta 1 milhão de seguidores no Instagram, enquanto a própria página acumula um expressivo número de 22 milhões de seguidores. Após vários textos justificando o porquê do pedido de retirada da noticia falsa, ainda sim, a resposta foi a seguinte:

Imagem: Postagem feita por um dos responsáveis do perfil Choquei, antes da morte de Jéssica /Reprodução X

Jéssica, que recentemente teve sua vida exposta de maneira indevida, tornou-se vítima de uma fake news, quando publicações afirmavam que a jovem havia se insinuado para o humorista Whindersson Nunes.

LEIA TAMBÉM  Jornalista Dom Phillips e indigenista Bruno Araújo desaparecem no Vale do Javari, no Amazonas

Vítima de um linxamento virtual, Jessica tirou a própria vida, deixando familiares e amigos, consternados com a notícia do falecimento, confirmaram a tragédia e lamentaram profundamente o fim trágico.

Fake News propagada na web que resultou em tragédia – Imagem: Divulgação

A mãe de Jéssica, Ines Oliveira, publicou uma nota de falecimento, revelando que a filha não resistiu à depressão e ao ódio disseminado nas redes sociais, sendo sepultada no mesmo dia do ocorrido. Nas redes sociais, a comoção tomou conta com os amigos expressando suas dores e indignações.

LEIA TAMBÉM  PM resgata mãe e filhos em cativeiro onde passaram 17 anos presos, confira o vídeo

Diante dessa tragédia, a Nonstop Produções S.A., responsável pela carreira de Whindersson Nunes, emitiu um comunicado repudiando o linchamento virtual e o uso nocivo das redes sociais. Whindersson, surpreendido com a notícia, expressou tristeza, comparando-a à dor de perder um filho.

Publicidade
Se Inscreva em Nosso Canal no Youtube : No Amazonas é Assim - Notícias e Regionalismo

A morte de Jéssica é um triste alerta sobre os perigos reais das fake news e do linchamento virtual, destacando a necessidade urgente de conscientização e regulamentação no uso das redes sociais. O episódio deixa claro que as consequências das informações falsas podem ultrapassar os limites virtuais, resultando em tragédias humanas que poderiam ser evitadas com responsabilidade e empatia.

Imagem: Divulgação

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…

Notícias da ALEAM

Lendas Amazônicas, Urbanas e Folclóricas!

Curta a gente no Facebook

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Tribunal de Contas do Amazonas

Últimas Notícias do TCE-AM

Assembleia Legislativa do AM

Últimas notícias da ALE-AM

Entre em nosso Grupo no Whatsapp

Participe do nosso grupo no Whatsapp

Últimas Atualizações