Gen. Mourão já é comunista na Austrália? Se reuniu com Barroso, defendeu a urna e descartou impeachmnt de Ministros - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, Sexta-Feira, 01 de Março de 2024

Política

Gen. Mourão já é comunista na Austrália? Se reuniu com Barroso, defendeu a urna e descartou impeachmnt de Ministros

Publicado

no

Após a derrota do voto impresso na Câmara dos Deputados, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), presidido por Barroso, decidiu ampliar procedimentos de auditagem do sistema eleitoral, em uma tentativa de dar respostas à parcela da população e da classe política que acusam, sem apresentar provas, que há fraudes no atual sistema de votação.

Perguntado sobre a ameaça que Bolsonaro fez aos ministros do Supremo, por supostos crimes de responsabilidade, Mourão disse que vê com ceticismo a possibilidade de o Congresso Nacional dar andamento a pedidos de impeachment contra os membros da corte. “Acho difícil o Senado aceitar”, afirmou o vice a jornalistas na chegada ao Palácio do Planalto.

LEIA TAMBÉM  ‘É melhor entregar a chave da Suframa’, diz Serafim sobre zona franca em Marajó

“O presidente tem a visão dele. Ele considera que esses ministros estão passando dos limites em algumas decisões que têm sido tomadas, e uma das saídas dentro da nossa Constituição seria o impeachment”, declarou Mourão, sem se posicionar, contudo, de maneira favorável ou contrária aos impedimentos.

LEIA TAMBÉM  Entre Bolsonaro e Dilma, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, prefere Bolsonaro

O vice-presidente limitou-se a reiterar críticas à prisão do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, autorizada pelo Supremo na semana passada. “Não considero que Roberto Jefferson seja uma ameaça à democracia”, disse. “Acho que Alexandre de Moraes poderia ter tomado outra decisão sem mandar prender por opinião”.

LEIA TAMBÉM  PL de Caio André institui campanha de doação de cabelos para pessoas em tratamento de câncer

Ainda na contramão do presidente Bolsonaro, Mourão disse novamente que confia nas urnas eletrônicas. “Até que me provem o contrário, vou confiando”. Ele ponderou, contudo, que, “mesmo com todas as proteções, pode ocorrer algum ataque”. O TSE e vários especialistas, no entanto, descartam a possibilidade de fraude nas urnas.

“Conversamos sobre temas da atualidade. O ministro está criando uma comissão externa para a melhorar auditoria (das urnas eletrônicas), então acho que foi um passo importante”, afirmou Mourão.

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…
Publicidade
Confira as últimas notícias do TCE-AM

Siga o canal

Mulher...mãe....apaixonada....webwriter e sócia proprietária do Portal No Amazonas é Assim...E minha história continua ❤

Continue Lendo
Publicidade Acompanhe nossas transmissões

Curta a gente no Facebook

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Tribunal de Contas do Amazonas

Últimas Notícias do TCE-AM

Águas de Manaus

Últimas notícias da Águas de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas notícias da ALE-AM

Câmara Municipal de Manaus

Acompanhe nossas transmissões

Entre em nosso Grupo no Whatsapp

Participe do nosso grupo no Whatsapp

Últimas Atualizações