Home Notícias Amazonas Governador Wilson Lima, junto com Ministro Queiroga, destaca apoio do Governo Federal no enfrentamento da pandemia

Governador Wilson Lima, junto com Ministro Queiroga, destaca apoio do Governo Federal no enfrentamento da pandemia

5 minutos o tempo de leitura
22

Neste sábado, Ministério da Saúde lidera mobilização contra a Covid-19 nos sete estados da região Norte.

Governador Wilson Lima, junto com Ministro Queiroga, destaca apoio do Governo Federal no enfrentamento da pandemia- Imagem: Divulgação

 

O governador do Amazonas, Wilson Lima, destacou, neste sábado (22/01), que o apoio do Governo Federal, sobretudo no envio de vacinas para o estado, tem sido fundamental para o enfrentamento da pandemia.

No Sambódromo em Manaus, Wilson Lima participou, ao lado do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, da mobilização de ações contra a Covid-19 realizada pelo Ministério da Saúde, simultaneamente, nos sete estados da região Norte.

Durante a agenda em Manaus, Queiroga também visitou o Centro de Testagem da Covid-19, montado pelo Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus no Centro de Convenções Vasco Vasques, na zona centro-sul de Manaus, e que tem capacidade para atender 10 mil pessoas por dia.

“Sempre que tenho conversado com o presidente Jair Bolsonaro ele tem demonstrado a preocupação que ele tem com o estado do Amazonas. Temos conversado sobre a estrutura de saúde que nós conseguimos montar nos últimos dois anos, de assistência social e também com relação à geração de emprego e renda” disse o governador ao ressaltar também o investimento do Governo Federal para vacinação contra a Covid.

“No momento mais difícil, em que a gente precisava da vacinação, só o governo do presidente Jair Bolsonaro é quem comprou vacina e é isso que tem ajudado a diminuir os casos de agravamento e de internações hospitalares. Isso jamais o povo do Amazonas ira esquecer”, completou Wilson Lima.

Mobilização – A população dos sete estados que formam a região Norte do país foi convocada pelo Ministério da Saúde (MS) para uma ação de enfrentamento à Covid-19, neste sábado (22/01). A iniciativa visa promover a vacinação e a testagem em larga escala, como parte da estratégia de combate à doença.

Com a mobilização, o MS quer estimular aqueles que ainda não se imunizaram, ou que não completaram o esquema vacinal, que busquem os postos de vacinação para tomar a primeira e segunda dose ou a dose de reforço. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou da mobilização em Manaus, enquanto os secretários nacionais da pasta estiveram nas capitais do Acre, do Amapá, do Pará, de Rondônia, de Roraima e do Tocantins.

“Saio daqui ainda mais confiante de que nós podemos confiar na população do Amazonas, em Manaus, e em todos os estados da região Norte para avançarmos ainda mais nessa campanha de vacinação, que já é uma das maiores contra a Covid-19 no mundo”, frisou o ministro.

O Norte foi escolhido pelo MS para a estratégia por ser uma região populosa, com 15 milhões de pessoas acima de 12 anos que integram o público-alvo da vacinação contra a Covid-19, e por fazer fronteira com outros países. Aproximadamente 1,8 milhão de pessoas estão aptas a tomar a dose de reforço ainda em janeiro, segundo o MS.

O Ministério da Saúde recomenda uma dose de reforço da vacina Covid-19 para todos os indivíduos maiores de 18 anos. A imunização deverá ser administrada quatro meses após a última dose do esquema vacinal primário dos imunizantes Pfizer, Astrazeneca e Coronavac.

A vacina a ser utilizada para a dose de reforço deve ser, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (Pfizer/Wyeth). Na falta deste imunizante, podem ser usadas as vacinas de vetor viral (Janssen ou AstraZeneca), independentemente do esquema vacinal primário, de acordo com o MS.

“É muito importante a gente tomar a vacina, estar todo mundo imunizado. Nós precisamos estar cada dia mais preparados tomando a nossa vacina, estando em dias com a nossa saúde”, disse Edmilson Soares, que foi ao Sambódromo tomar a terceira dose.

Centro de Testagem – Em visita ao Centro de Testagem montado pelo Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus no Centro de Convenções Vasco Vasques, Marcelo Queiroga conheceu o fluxo de atendimento, que termina com consulta médica para quem testar positivo para Covid-19.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), disponibilizou, inicialmente, 14 médicos, 10 técnicos de enfermagem, dois farmacêuticos bioquímicos e 20 servidores para auxiliar no apoio técnico.

Mutirão em Iranduba – Wilson Lima destacou que, neste sábado, o Estado realiza mais um mutirão Vacina Amazonas no município de Iranduba, com a abertura da vacinação das crianças entre 5 e 11 anos com comorbidades.

Além da vacinação, foram abertos dois centros em Iranduba para testagem de detecção da Covid-19 na cidade.

Governador Wilson Lima, junto com Ministro Queiroga, destaca apoio do Governo Federal no enfrentamento da pandemia- Imagem: Divulgação
Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Jussara Melo
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Governo do AM reforça informações sobre Crédito Rosa e entrega fomento para empreendedora na 4ª edição

A Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) levou seu atendimento e reforçou as in…