Hamilton largou o gol do Fast para virar sensação no Manaus FC

553

Pouca gente sabe, mas o artilheiro do Manaus FC, Hamilton Soares de Sá, o ‘Ibra’ em 2012 era um goleiro de 1,91m, recém-promovido ao elenco profissional do Fast-AM. Sem oportunidade de atuar, o arqueiro abandonou a carreira desiludido. Até que, em 2017 foi convidado a jogar pelo Manaus FC, só que dessa vez não como goleiro, mas como atacante. Quis o destino que o craque que hoje veste a camisa 25 brilhasse nos campos manauaras e agora fazendo gol em partidas decisivas pelo Campeonato Brasileiro Série D.

Hamilton foi revelado pelo Fast em 2012, no gol. Agora, aos 25 anos e com 1,91m, assinou com o Manaus, ganhou posição e virou artilheiro do Amazonense
Hamilton foi revelado pelo Fast em 2012, no gol. Agora, aos 25 anos e com 1,91m, assinou com o Manaus, ganhou posição e virou artilheiro do Amazonense

Não demorou para ele mostrar serviço. Na única vez em que esteve em campo por 90 minutos, marcou três gols, o suficiente para assumir a artilharia do estadual, ao lado de Jefferson e Marinho, e tomar conta da posição. Antes, havia entrado duas vezes no decorrer do segundo tempo, sem balançar as redes.

Nos mais de cinco anos que ficou fora do futebol profissional, Hamilton dedicou seu tempo livre no amadorismo. Foi quando descobriu o ”sabor” de fazer gols. Na mesma proporção, percebeu que seu lugar não era debaixo das traves.

– De tanto jogar na linha durante as peladas, fui me acostumando e perdendo o gosto por atuar no gol. Hoje, prefiro jogar no meio, no ataque, buscar os gols. Tanto que um amigo me chamou para fazer uma peneira no Manaus, na linha, fiz e me aprovaram – acrescentou.

No jogo de hoje pela semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro de 2019, Hamilton voltou a ser decisivo ao empatar a partida de ida. A decisão agora ficará para o jogo de volta na Arena da Amazônia no sábado Às 17h.

Confira abaixo os melhores momentos do jogo deste sábado.

Comentários