Home Notícias Amazonas Hoje tem Sarau da Resistência a favor da revogação da Lei que apaga a história e memória do povo preto do Amazonas

Hoje tem Sarau da Resistência a favor da revogação da Lei que apaga a história e memória do povo preto do Amazonas

2 minutos lido
167

Nesta quarta-feira (28), acontece na Praça Nestor Nascimento, localizada no cruzamento entre as ruas Japurá e Afonso Pena, no bairro Praça 14, a partir das 15:30h o Sarau da Reistência. O movimento reunirá a participação de diversos grupos de cultura negra, dentre estes o Grêmio Recreativo Escola de Samba Vitória-Regia, as co-irmãs do Samba, os mestre sala e porta bandeira da Mocidade de Aparecida.

O Objetivo do Sarau Literário é a manifestação pela revogação da Lei n°2.767/2021 que retira o nome do líder negro Nestor Nascimento da praça, promovendo um processo de apagamento da história e memória das populações negras do Amazonas. Nesse sentido, as comunidades Quilombolas estarão se reunido para protestar contra e fazendo a resistência.

A lei, sancionada pelo prefeito David Almeida, é oriunda do Projeto de Lei nº 354/2021 do presidente da CMM (Câmara Municipal de Manaus), David Reis (Avante). A proposta foi aprovada por unanimidade em sessão no último dia 6 de julho. O PL não cita o nome de Nestor Nascimento, somente informa que a praça fica entre a Avenida Japurá esquina com Rua Afonso Pena, no bairro Praça 14 de Janeiro.

Em novembro de 2013, no calor das comemorações do Dia da Consciência Negra, o deputado federal Bosco Saraiva, na época vereador, encaminhou uma indicação propondo que a praça localizada na Av. Japurá, bairro Praça 14 de Janeiro, recebesse o nome do ilustre personagem daquele lugar, o nosso eterno amigo Nestor Nascimento..

No SAPL (Sistema de Apoio ao Processo Legislativo), no site da Câmara Municipal, não consta nenhuma matéria relacionada a Nestor. Porém, a assessoria da Casa Legislativa informa que por ser antiga, pode ser que a lei não esteja no sistema. Segundo a Câmara, estão sendo disponibilizadas normas desde 1970, mas é um trabalho que ainda está em andamento. Na ferramenta de busca, só é possível pesquisar projetos a partir de 2014.

 

Quem foi Nestor Nascimento

Nestor Soeiro do Nascimeno foi uma grande liderança do Quilombo Urbano de São Benedito, e um grande defensor da causa negra no amazonas, fazendo a defesa dos menos favorecidos e tendo sido de extrema importância para todos os quilombolas que aqui se instalaram. Nestor tem grande participação e contribuição nessa cidade seja por sua mão de obra escrava, seja pela cultura dentro dessa cidade. Justamente por ele ter sido um grande lutador das causas dos menos favorecidos, teve seu nome grafado em nossa história e reconhecimento através do nome dado à praça próximo ao Quilombo. Nestor tem muita importância para o bairro da Praça 14 e tudo que ele representou naquela região também.

A história dele pode não ter sido tão amplamente divulgada como a do Oscarino, mas a importância dele é tanta que ele está inserido em 9 concorrentes de samba de enredos na Vitória -Regia e com ele vem outras baluartes pretas importantes.

Nestor Nascimento é considerado o maior líder negro da história do Amazonas, sendo o fundador do movimento Alma Negra.

Além do movimento, fundou a Associação dos Moradores e Amigos do bairro Praça 14 e era sócio fundador da Escola de Samba da Vitória Régia. Em 1997, fez viagem aos EUA a convite do presidente Bill Clinton por sua atuação na defesa dos direitos humanos. Foi procurador-chefe da CMM de 1966 a 1997, entre vários outros cargos públicos. Nestor morreu em 2003, aos 56 anos

Comentários com Facebook
Receba nossas notícias no seu e-mail 📩:
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Amazonas

Leia Também

Semana de formação para aperfeiçoamento da gestão de saúde no Amazonas através da Escola de Contas do TCE-AM

A Escola de Contas do Tribunal de Contas do Amazonas (ECP/TCE-AM) dá início a Semana de fo…