Homem atropelado por avião não resiste e morre em hospital, no AM

276

O motociclista de 17 anos, atropelado na na tarde da última terça-feira (23) por um avião na pista do aeroporto de Ipixuna, município distante 1.363 km de Manaus, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Maria da Glória Dantas de Lima, onde estava internado.

A morte do rapaz foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam) nesta quarta-feira (24).

Imagem: Via Whatsapp

O acidente aconteceu no momento do pouso a aeronave, que foi surpreendida pela motocicleta conduzida pelo adolescente de 17 anos. Com o impacto, o motociclista perdeu uma perna e um braço no acidente, e sofreu traumatismo craniano.

A Prefeitura do Município informou que, logo após o acidente, providenciou UTI aérea de Cruzeiro do Sul para remover o paciente àquela cidade, que fica mais próximo de Ipixuna. Mas, devido ao quadro de instabilidade, o mesmo não pôde ser removido.

A Susam informou ainda que não recebeu solicitação de remoção pelo Sistema de Transferência de Emergências Reguladas (Sister), responsável pela transferência de pacientes do interior para Manaus.

Segundo informações de testemunhas, o motociclista atravessou a pista de pouso no momento que o avião pousava, ocasionando o acidente. “Na hora que o avião vinha pousando o rapaz atravessou de moto a pista, o piloto ainda tentou desviar mas não teve como, ele saiu arrastando a vítima por uns 50 metros ainda até conseguir parar a aeronave”, contou uma das testemunhas.

No avião monomotor que estava vindo do município de Cruzeiro do Sul (AC), haviam sete pessoas, que não tiveram ferimentos e não precisaram de atendimento médico.

A pista de pouso do Aeroporto de Ipixuna fica restrita ao uso de populares durante o dia, sendo liberada a partir das 17h30, para caminhadas.

Imagem: Via Whatsapp

Comentários