Nos Siga nas Redes Sociais
MANAUSAsfalta Manaus – pavimentando o caminho de uma nova cidade
Manaus, AM, quarta, 28 de setembro de 2022

Brasil

Homem coloca facetas dentárias, procedimento orçado em R$ 61 mil reais, e morre !

Publicado

no

As facetas dentárias são indicadas para melhorar a estética do sorriso, ao promoverem alterações no formato, tamanho e tonalidade dos dentes, corrigindo imperfeições. No entanto, alguns cuidados são necessários antes e também após o paciente realizar este tipo de procedimento.

No fim de agosto, o tratamento entrou em discussão após a família de Luiz Carlos dos Dores, de 56 anos, fazer uma denúncia no Conselho Regional de Odontologia de Goiás (CRO-GO). Segundo o marido do paciente, ele morreu em consequência de uma infecção generalizada depois da colocação de facetas dentárias.

Nas redes sociais, Benedito Antônio acusa a profissional que atendeu Dores de ignorar problemas dentários prévios que deveriam ser levados em conta durante o tratamento. “Ele realmente não tinha conhecimento, quem sabia da perda óssea e da periodontite era apenas a profissional em quem o Luiz confiou. Mas, mesmo assim, ela colocou as facetas, o que causou a morte do meu esposo”, disse, em perfil das redes sociais.

Em nota, o setor de fiscalização do CRO-GO afirmou que o processo ético odontológico tramita em sigilo na Comissão de Ética da entidade. “Somente as partes envolvidas, bem como seus procuradores e advogados munidos de procuração, poderão ter acesso ao andamento da denúncia”, disse. A Polícia Civil de Goiás também segue com as investigações.

Luiz Carlos Dores realizou o procedimento de facetas dentárias em maio. No mesmo mês, começou a sentir dores, que se agravaram em agosto, quando foi internado e transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) entre os dias 8 e 10. Dez dias depois, ele morreu, segundo informações divulgadas pelo marido.

Antônio afirma que busca justiça. “Farei o impossível até se for preciso por justiça e continuarei aqui nesse mundo doido tentando viver e compreender os desígnios de Deus. Não é fácil, mas eu fiz um juramento de amor por você e seguirei com ele, independente do tempo que passar”, publicou ele.

Jamilly Flexa, dentista responsável pelo procedimento, nega as acusações e afirma que se mantém à disposição das autoridades legais e administrativas para qualquer esclarecimento.

Ela publicou uma carta aberta nas redes sociais em que se defende das afirmações de que agiu com negligência.

“Tendo em vista acusações com o cunho injurioso (sic), difamatório e calunioso pela pessoa Benedito Antônio Nascimento Santos Júnior, propagando notícias falsas sobre uma negligência para com o paciente Luiz Carlos, venho por meio desta esclarecer a situação”, publicou Jamilly.

“Nunca fui negligente com relação ao atendimento de qualquer paciente, muito menos do senhor Luiz Carlos e do senhor Benedito”, acrescentou.

Segundo a dentista, ambos procuraram o consultório dela com a intenção de colocar facetas de porcelana, procedimento orçado em R$ 61 mil.

“Analisando o paciente Luiz Carlos, verificamos que o mesmo possuía doença periodontal com perda óssea, tecido conjuntivo e ausência de alguns elementos dentais, sendo necessário a realização de cirurgia óssea, conjuntiva e implante. Um raio-x foi realizado no paciente”, acrescentou a dentista. O marido da vítima nega ter tido conhecimento prévio.

Ainda de acordo com ela, após o procedimento de colocação das facetas dentárias, o casal não retornou mais ao consultório. “Mesmo com a insistência para que agendássemos um horário para verificar a situação do paciente e também administrar o débito (pendente)”, escreveu na carta aberta divulgada nas redes sociais.

Passado algum tempo, Jamilly afirma que foi contatada por Antônio. “Ele disse que o senhor Luiz estava com um inchaço do lado esquerdo do rosto. Atendemos o paciente sem nenhuma demora. Realizamos o exame clínico e verificamos que não havia edema, nem mesmo qualquer secreção, estando a gengiva sadia. Por cautela, solicitamos uma tomografia e um raio-x do local, sendo que os pacientes não realizaram tais exames”, afirmou ela.

A dentista disse ainda que, pelo fato de o paciente possuir doença cardiovascular, foi informado que deveria procurar seu cardiologista. “Para solicitar um remédio, caso ele interpretasse necessário. Aconselhamos ainda a procurar uma emergência caso as dores permanecessem até mesmo para realizarem exames a fim de verificar se havia alguma situação mais profunda”, pontuou ela. Novamente, os pacientes, segundo Jamilly, não retornaram ao consultório.

Luiz Carlos dos Dores antes e depois da colocação das facetas – Reprodução

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇...

Sou o idealizador do No Amazonas é Assim e um apaixonado pela nossa terra. Atualmente, participo de diversas ações e discussões na área de cultura, comunicação digital, turismo e empreendedorismo, além de ações sociais.

Continue Lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Asfalta Manaus

MANAUSAsfalta Manaus – pavimentando o caminho de uma nova cidade

O cuidado cada vez mais perto

O cuidado cada vez mais perto

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Agosto dourado: mês de incentivo ao aleitamento materno

Agosto dourado: mês de incentivo ao aleitamento materno

Falando de Contas

Programa do TCE-AM

Facebook

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Tribunal de Contas do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações