Home Notícias Brasil Vídeo: Idosa “morre” na UPA, acorda no necrotério e diz que quer um namorado

Vídeo: Idosa “morre” na UPA, acorda no necrotério e diz que quer um namorado

2 minutos o tempo de leitura
1,824

Dona Clotilde Rieck, de 78 anos, foi declarada como morta e o corpo foi encaminhado ao necrotério, onde seria preparado para o velório e sepultamento, porém já no local de preparo a idosa deu sinal de vida.

O caso aconteceu no dia 31 de dezembro, em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cidreira, no Rio Grande do Sul, mas continua sendo compartilhado até hoje.

Idosa “morre” na UPA, acorda no necrotério e diz que quer um namorado – Imagem: Divulgação

Na UPA, a idosa foi diagnosticada com infecção urinária. Dona Clotilde sofreu uma parada cardíaca, foi reanimada, mas a família foi chamada ao Hospital para se despedir, pois ela não resistiria. Após ser dada como morta, ela foi encaminhada ao necrotério.

O agente funerário que se deparou com Clotilde com as mãos para cima saiu correndo para pedir ajuda. Os médicos não acreditaram no relato do funcionário do necrotério, até que uma médica decidiu averiguar e encontrou a paciente viva.

A família da idosa cobra explicações do hospital e abriu solicitação para ter acesso ao prontuário da paciente. A família já havia comprado um caixão. Após toda confusão, Clotilde foi transferida para a Santa Casa de Misericórdia Hospital Santa Clara, em Porto Alegre.

Apesar de toda a situação, a idosa mantém o bom humor. Muito viva, ela já falou à família qual seu objetivo quando sair do hospital: arrumar um namorado. Aos 78 anos, ela não quer nem pensar em morrer e partirá em busca de um amor quando sair do hospital. A idosa segue sem previsão de alta. Dona Clotilde quer também reencontrar sua gatinha de estimação.

Comentários com Facebook
Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Jussara Melo
Carregar Mais Em Brasil

Deixe um comentário

Espia Esse Aqui

Vivências e experiências no setor de patrimônio cultural foram os temas debatidos por arqueólogo

Vivências e experiências no setor de patrimônio cultural foram os temas debatidos por arqu…