Home Notícias Amazonas Iniciativa do Governo do Amazonas, via Sejusc, é finalista da 18ª edição do Prêmio Innovare 2021

Iniciativa do Governo do Amazonas, via Sejusc, é finalista da 18ª edição do Prêmio Innovare 2021

2 minutos lido
42

O projeto Ressignificando a Cidadania, realizado no Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, gerido pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), é finalista da 18ª edição do Prêmio Innovare. Com o tema Defesa da Igualdade e da Diversidade, o projeto amazonense concorre com outras 171 práticas deferidas na categoria “Justiça e Cidadania”.

Os projetos realizados nos Centros Socioeducativos são implementados conforme o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo, o qual determina ao centro criar um plano de atendimento individual ao adolescente que adentra o sistema. Com isso, o programa “Teens ao Máximo” é responsável por integrar esses adolescentes. Dentro do programa, o Ressignificando a Cidadania busca ensinar novos caminhos aos jovens por meio dos princípios das forças armadas nacionais.

O Prêmio Innovare tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. A disputa é dividida em oito etapas e agora conta com a visita de consultores para elaboração de relatório que vai ser apreciado pela comissão julgadora. Por conta da pandemia de Covid-19, as entrevistas serão agendadas via WhatsApp e realizadas por videoconferência.

A secretária titular da Sejusc, Mirtes Salles, destacou que um dos objetivos do sistema socioeducativo do Amazonas é conceder aos adolescentes o acesso a direitos que muitas vezes são desconhecidos, como assistência psicossocial, cursos profissionalizantes, além do acolhimento realizado pelos servidores dentro das unidades.


De acordo com a secretária executiva de Direitos da Criança e do Adolescente da Sejusc, Edmara Castro, o projeto finalista é desenvolvido nos cinco Centros Socioeducativos do Estado.

“O objetivo do projeto é fazer com que esses adolescentes aprendam os valores referentes à cidadania. A maioria deles está próximo do período de alistamento militar e, desta forma, o projeto é um mecanismo de despertar nos adolescentes as noções cívicas e até mesmo a possibilidade de servir nas forças armadas. Aprendendo os hinos Nacional, da Bandeira, do Estado do Amazonas, marchando e outros ensinamentos cívicos referente às bandeiras e outros símbolos ofíciais”, disse a gestora.

Saiba mais – A Sejusc coordena cinco centros socioeducativos no Amazonas: Senador Raimundo Parente, Dagmar Feitosa, Semiliberdade Masculino, Centro de Internação Feminina e Unidade de Internação Provisória Masculino. Todas as unidades ficam em Manaus.

Sobre o prêmio – Criado em 2004, o Prêmio Innovare vem trabalhando para identificar e colocar em evidência iniciativas desenvolvidas voluntariamente que trazem soluções inovadoras, ampliam a proximidade entre instituições jurídicas e a população e contribuem para o aprimoramento da Justiça brasileira.

Ao todo, já foram premiadas mais de 200 práticas, entre mais de 7 mil trabalhos em diferentes áreas da atuação jurídica. Todas as iniciativas selecionadas são incluídas no Banco de Práticas do Innovare.

Comentários com Facebook
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Alessandro Nuñes
Carregar Mais Em Amazonas

Leia Também

Governo do Amazonas já entregou mais de 1,3 mil cartões do Auxílio Estadual para profissionais da Cultura, Esporte e Turismo

O Governo do Amazonas já entregou, até esta quinta-feira (29/07), 1.334 cartões do Auxílio…