Instituto Mamirau√° ter√° sess√£o especial no Senado Federal

177

No dia 27 de maio, segunda-feira, √†s 10h da manh√£, o Instituto de Desenvolvimento Sustent√°vel Mamirau√°, organiza√ß√£o social vinculada ao Minist√©rio da Ci√™ncia, Tecnologia, Inova√ß√Ķes e Comunica√ß√Ķes (MCTIC), receber√° uma sess√£o especial no Senado Federal, em alus√£o aos 20 anos de exist√™ncia.

Ser√£o apresentados resultados de a√ß√Ķes ao longo da hist√≥ria do Instituto pela conserva√ß√£o dos recursos naturais e de melhoria da qualidade de vida das comunidades residentes na regi√£o do M√©dio Solim√Ķes.

Agenda no Senado Federal apresenta resultados de conserva√ß√£o na Amaz√īnia – Imagem: Divulga√ß√£o

Entre os dias 17 e 24 de maio, precedendo o evento, acontecerá uma exposição de fotos na Galeria do Senado Federal, situado no corredor que liga o edifício principal do Senado ao Anexo 1.

Os eventos t√™m o objetivo de compartilhar resultados al√©m de refor√ßar o compromisso com o futuro, conforme explicou Jo√£o Valsecchi, diretor geral: ‚ÄúSe a gente tem que pensar numa mudan√ßa para os pr√≥ximos vinte anos seria numa em uma mudan√ßa de escala. As tecnologias que a gente projetou t√™m que ser levadas para outras regi√Ķes da Amaz√īnia. Elas t√™m que atingir que est√° l√° na pontinha, onde as pol√≠ticas p√ļblicas n√£o est√£o chegando‚ÄĚ disse Jo√£o.

A imagens da exposi√ß√£o de fotos retratam iniciativas desenvolvidas pelo Instituto Mamirau√° que foram pioneiras na Amaz√īnia, como o manejo de pirarucu, o turismo de base comunit√°ria e as tecnologias sociais voltadas para melhorar as condi√ß√Ķes de acesso √† √°gua pot√°vel e ao saneamento b√°sico.

No total, serão 20 imagens no tamanho 1,20m x 0,90. Dez são de autoria do fotógrafo, médico veterinário e professor da Universidade de Brasília, Marcelo Ismar Santana. As demais fotos são de autoria de Adriano Gambarini, Ale Socci, Edu Coelho, Rafael Forte, Ricardo Oliveira, Amanda Lelis e dos pesquisadores do Instituto Mamirauá João Paulo Borges Pedro e Emiliano Ramalho.

O docente brasiliense tem uma rela√ß√£o antiga com a Reserva de Desenvolvimento Sustent√°vel Mamirau√°, uma das √°reas de atua√ß√£o do Instituto Mamirau√° na Amaz√īnia.

Sess√£o Especial
Agendado para o dia 27 de maio,¬† no plen√°rio do Senado Federal, a sess√£o especial comemorativa aos 20 anos do Instituto Mamirau√°. A proposi√ß√£o foi do Senador Eduardo Braga, do Amazonas, que justificou: ‚Äú√Č de fundamental import√Ęncia reconhecer e dar visibilidade ao primoroso trabalho de pesquisa e conserva√ß√£o do bioma amaz√īnico desenvolvido pelo Instituto Mamirau√°, sempre observando a melhoria da qualidade de vida das popula√ß√Ķes locais‚ÄĚ.

O evento √© p√ļblico e ser√° uma oportunidade para os parceiros, familiares, deputados e senadores conhecerem a trajet√≥ria institucional, refor√ßando o compromisso com a ci√™ncia no pa√≠s. Tamb√©m haver√° a exibi√ß√£o do v√≠deo ‚ÄúA Amaz√īnica em boas m√£os‚ÄĚ que retrata a hist√≥ria e resultados da atua√ß√£o institucional ao longo desses 20 anos. Ao final da sess√£o os participantes receber√£o uma lembran√ßa dos 20 anos do Instituto Mamirau√°.

20 anos do Instituto Mamirau√°
Fundado em 23 de abril de 1999, o Instituto de Desenvolvimento Sustent√°vel Mamirau√° √© uma organiza√ß√£o social comprometida com o desenvolvimento de pesquisas cient√≠ficas com foco na conserva√ß√£o da biodiversidade, no manejo de recursos naturais e na qualidade de vida das popula√ß√Ķes locais.

O trabalho da organiza√ß√£o come√ßou nas Reservas de Desenvolvimento Sustent√°vel Mamirau√° e Aman√£, no estado do Amazonas. Atualmente, a atua√ß√£o do instituto se estende por grande parte da regi√£o Norte do Brasil e tamb√©m por pa√≠ses da Pan-Amaz√īnia.

Configura alguns dos resultados da atuação do Instituto Mamirauá:

‚ÄĘ Mais de 90 projetos de pesquisas, executados anualmente, envolvendo conhecimento tradicional, tecnologias sociais e esp√©cies amea√ßadas.

‚ÄĘ Atua√ß√£o em 30 unidades de conserva√ß√£o na Amaz√īnia.

‚ÄĘ 390 estudantes formados pelo Programa Institucional de Bolsas de Inicia√ß√£o Cient√≠fica, dos quais 42% ingressaram em programas de p√≥s-gradua√ß√£o.

‚ÄĘ 19 esp√©cies descritas nos √ļltimos 10 anos e mais de 14.000 esp√©cimes depositados em seus acervos biol√≥gicos.

‚ÄĘ Redu√ß√£o da mortalidade infantil em mais de 67% na regi√£o de atua√ß√£o do Instituto Mamirau√°.

‚ÄĘ 200 mulheres e meninas participando de a√ß√Ķes de empreendedorismo, igualdade de g√™nero e lideran√ßa.

‚ÄĘ 667 participantes dos cursos de multiplicadores em Tecnologias de Manejo e Desenvolvimento e mais de 70 jovens formados no primeiro Centro Vocacional Tecnol√≥gico do Amazonas.

‚ÄĘ 30 tecnologias sociais implementadas para garantir seguran√ßa alimentar e acesso a servi√ßos de saneamento e energia.

‚ÄĘ 427% de aumento m√©dio dos estoques de pirarucu e faturamento total de mais de 23 milh√Ķes de reais para pescadores e pescadoras envolvidas.

‚ÄĘ Mais de 3,5 milh√Ķes de reais gerados atrav√©s de um empreendimento de turismo de base comunit√°ria, a Pousada Uacari, beneficiando 750 pessoas.

‚ÄĘ 226 mil pessoas alcan√ßadas anualmente com a√ß√Ķes de divulga√ß√£o em redes sociais e mais de 9 mil not√≠cias repercutindo em ve√≠culos do Brasil e do exterior, entre 2011 e 2018.

Coment√°rios