Jogador de futebol abandona a carreira para doar fígado ao sobrinho

110

O atacante argentino Alejandro Benitez, de 30 anos, conhecido como Lulo Benitez, pendurou as chuteiras por motivo muito especial: salvar a vida do sobrinho Milo, de 9 meses. O beb√™ nasceu com uma m√°-forma√ß√£o e precisava de um transplante de f√≠gado. Lulo fez teste para saber se era compat√≠vel e, diante da afirmativa, n√£o teve d√ļvidas em se afastar do futebol para salvar o menino.

O atleta jogava como atacante no Central Larroque, clube que atualmente o equivalente à terceira divisão do campeonato argentino.

Ex-jogador considera encontro com o sobrinho após a operação como o momento mais emocionante de sua vida -  Imagem: Reprodução/Facebook
Ex-jogador considera encontro com o sobrinho ap√≥s a opera√ß√£o como o momento mais emocionante de sua vida –
Imagem: Reprodução/Facebook

Quando Milo nasceu, os m√©dicos detectaram uma obstru√ß√£o biliar. Por ser um beb√™, o transplante de uma pessoa viva se tornou a √ļnica op√ß√£o. Como a irm√£ de Lulo havia passado por uma cirurgia de cora√ß√£o, o transplante feito por ela se tornaria um risco. Por isso, a fam√≠lia buscou outras op√ß√Ķes entre os parentes.

O atleta, que será papai no fim deste ano, passou por uma cirurgia de sete horas para doar parte do órgão. Já Milo enfrentou doze horas de operação. Segundo Lulo, o encontro com o sobrinho após o transplante foi pura emoção.

A partir de agora, tio e sobrinho ir√£o passar por um per√≠odo de recupera√ß√£o. Milo precisa ficar ainda isolado, para evitar risco de infec√ß√Ķes. Lulo, por sua vez, ir√° retomando a vida normal aos poucos. “H√° uma restri√ß√£o alimentar e cuidados com atividades f√≠sicas mas, em no m√°ximo oito semanas, ele poder√° retomar a vida normal”, disse Ariel Gonzalez Campana, equipe de transplante cirurgi√£o Hospital Austral √† “CNN espa√Īol”.

Coment√°rios