Home Notícias Política Jornal é condenado após espalhar FAKE NEWS contra Normando Bessa em Tefé

Jornal é condenado após espalhar FAKE NEWS contra Normando Bessa em Tefé

2 minutos tu lês tudo
448

 

Mentira tem perna curta, e nesse caso tem barco também. A juíza eleitoral de Tefé Doutora Nayara de Lima Moreira Antunes determinou que que o jornal do interior Progresso da Amazônia não fosse mais impresso, publicado, compartilhado ou distribuído. O referido jornal faz diversos acusações contra o candidato a prefeito a prefeito Normando Bessa de Sá, contudo segundo a procuradora do mesmo, até o momento não há qualquer notificação ou intimação do candidato para responder a qualquer das das supostas acusações o que diz o jornal, ou seja, FAKE NEWS.

Mas o que esperar de um candidato que tem como aliados ex-prefeitos condenados por roubarem os cofres públicos? E para completar eles não tem vergonha nenhuma de assumirem tal feito. Não há como uma administração dar certo se ela já começa de forma errada. Se Tefé perder o prefeito Normando Bessa, também perderá a confiança dos deputados responsáveis por fazerem o envio de emendas parlamentares que são fundamentais para o desenvolvimento do município.

Isso mostra claramente o desespero da oposição, que durante os atos da campanha tem circulado material gráfico caluniando o atual gestor da cidade, Normando Bessa.
Inclusive, no jornal Normando é acusado de envolvimento de divulgação de notícias falsas, contudo a única pessoa que responde judicialmente por divulgação de notícias falsas é justamente o candidato Nicson Marreira.

 

Confira a decisão judicial na integra:

 

 

Comentários com Facebook

Carregar Mais Artigos Parecidos
Carregar Mais De Roger Siqueira
Carregar Mais Em Política
Comentários Fechados

Espia Esse Aqui

Presidente David Reis deve estender regime híbrido de trabalho na Câmara Municipal de Manaus

Diante do avanço da variante Ômicron da Covid-19 no Amazonas, em especial na capital do Es…