Home Entretenimento Famosos e TV Leifert revelou o motivo de ter chorado na final do BBB21 e não tem nada a ver com a morte do Paulo Gustavo

Leifert revelou o motivo de ter chorado na final do BBB21 e não tem nada a ver com a morte do Paulo Gustavo

1 minutos lido
49

Durante a final do Big Brother Brasil 21, na última terça-feira (4), o Brasil chorava a morte do ator e diretor Paulo Gustavo, um ícone da atual geração e uma pessoa muito querida por todos. Pouco antes da Juliette ser declarada campeã do BBB21, com 90,15% dos votos, os confinados receberam a triste notícia da partida do Paulo. Como diria o ditado “o show tem que continuar”. Assim foi.

Ao final do programa, enquanto subiam os créditos, uma câmera captou o apresentador Tiago Leifert aos choros e muita gente se questionava o motivo e se teria a ver com a morte do seu amigo horas antes. Leifert acabou revelando o verdadeiro motivo em uma entrevista na madrugada deste sábado (8) ao Pedro Bial (ex-apresentador do reality) durante o Conversa com Bial na madrugada deste sábado (8) e detalhou sua experiência à frente de mais um Big Brother Brasil.

Questionado sobre a responsabilidade e a pressão imposta pelo público durante o reality, Leifert explicou:

“Você tem que lidar com as expectativas do público que são muitas. Você tem que desligar muita parte do seu cérebro, porque tem coisa que você não pode falar. Às vezes você tem que narrar uma prova e ao mesmo tempo ser juiz. (…) E todo mundo inventando regras novas, pegando coisas que você deixou de falar e usando contra você”.

Entre os momentos mais marcantes da vigésima-primeira edição do programa, ficou em destaque o choro do apresentador durante a grande final. Sem filtros, o papai da Lua entregou o motivo das lágrimas:

“Eu acho que eu choro porque a gente conseguiu. Acho que é o mais importante. As inseguranças de fazer um BBB que só você vai me entender, de você colocar 20 pessoas lá sem a menor ideia do que vai acontecer, sem ter a menor pista, de se jogar totalmente no escuro, no espaço, no vácuo, e conseguir entregar”, começou dizendo.

Ao fim, ele desabafou: “Eu passei por noites ali que eu não vou esquecer. A gente apanha. E aí você pega o celular e tem muita mensagem (elogiando-o após o final). É chorar de falar ‘dias assim existem’. Preciso curtir esse momento porque vou sentir saudade dele. É um choro de alívio. De missão cumprida”, garantiu.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Famosos e TV

Leia Também

Bonita por natureza

Assim é a morada do casal de atores Thaila Ayala e Renato Goés: integrada ao verde e com d…