Mãe é espancada por 12 horas pelo próprio filho - No Amazonas é Assim
Nos Siga nas Redes Sociais
Manaus, AM, sábado, 04 de fevereiro de 2023

Polícia

Mãe é espancada por 12 horas pelo próprio filho

Publicado

no

Uma idosa de 62 anos foi agredida pelo próprio filho de 42 anos pelo período de 12 horas no bairro Vale das Pedrinhas, em Guapimirim, no Rio de Janeiro.

O homem foi capturado por policiais civis da 67ª DP (Guapimirim) em cumprimento do mandado de prisão expedido pela Vara Criminal da Comarca de Guapimirim hoje (24/10).

Segundo as investigações, o homem identificado como G. C. B. estava drogado e queria mais dinheiro para comprar entorpecentes. Ele espancou a mãe por 12 horas, aproximadamente, com chutes e socos, tendo a arrastado pelo chão ao puxá-la pelos cabelos, no último dia 27 de setembro. A vítima com diversas lesões pelo corpo, inclusive no rosto, e teve um de seus pés quebrados. A sessão de tortura só terminou quando o agressor a esposa da casa dela.

Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

A idosa passou a morar na casa de amigos na capital fluminense e somente no dia 19 de outubro, 22 após o ocorrido, teve coragem de denunciá-lo na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), no Centro do Rio. O caso então foi encaminhado a 67ª DP (Guapimirim).Viúva de motorista é presa suspeita de envolvimento na morte do marido
Pai de santo Marcos Filipe Santana de Oliveira também foi detido após confessar o crime. Filhos da vítima acreditam que a motivação teria sido o valor de seguros de vida, que totalizavam R$ 600 mil

Tão logo que o caso foi remetido à delegacia em Guapimirim, o delegado Antonio Silvino Teixeira pediu à Justiça que um mandado de prisão fosse expedido contra o acusado.

A captura de G. C. B. ocorreu após o meio-dia. Na ocasião, ele estava dormindo. Ele tentou resistir à prisão, sendo necessário o uso de força física para controlá-lo. Além disso, os agentes encontraram em poder do criminoso um revólver calibre 32 marca Smith & Wesson e uma espingarda de caça – tipo “soca-soca” –, o que configurou também em prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

G. C. B. foi preso pelos crimes de lesão corporal seguido de violência doméstica, conforme previsto pelo artigo 129 do Código Penal (Lei nº 2.848/1940), resistência à prisão, de acordo com o artigo 329 da referida legislação, e porte ilegal de arma, capitulado no artigo 14 do Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/2003).

Mãe é espancada por 12 horas pelo próprio filho – Imagem: Divulgação

Deixe seu comentário aqui embaixo 👇…
Publicidade

⚠ Siga-nos no Facebook ⤵ 🏹

Facebook

Agência de Desenvolvimento Sustentável

Matrículas 2023 para novos alunos

Matrículas 2023 para novos alunos

O Trabalho Não Vai Parar

O Trabalho Não Vai Parar!

Governo do Amazonas

Bora Falar de Direito?

Confira as dicas de direito

Governo do Amazonas

Últimas notícias do Governo do AM

Prefeitura de Manaus

Últimas notícias da Prefeitura de Manaus

Assembleia Legislativa do AM

Últimas Notícias do TCE-AM

Últimas Atualizações