Home Entretenimento Famosos e TV Marcius Melhem e Dani Calabresa: Revista Piauí expõe detalhes da série de abusos!

Marcius Melhem e Dani Calabresa: Revista Piauí expõe detalhes da série de abusos!

3 minutos lido
225

A Globo enviou comunicado nesta sexta-feira (04) após a grande repercussão de uma reportagem da revista Piauí, que detalhou uma série de abusos que teriam sido cometidos por Marcius Melhem, especialmente contra Dani Calabresa. A emissora garantiu que não tolera esse tipo de comportamento e que sempre faz uma apuração criteriosa.

Além da humorista, a apuração do jornalista João Batista Jr. também cita que outros profissionais, especialmente mulheres, passaram por momentos abusivos com o ex-diretor. Em nota, a Globo destaca que não comentará a apuração, pois tudo corre em “sigilo de processo”.
Melhem deixou a emissora no mês de agosto, em meio as acusações de assédio. De acordo com a publicação, existiu um descontentamento interno, por parte das vítimas, da forma como a dispensa aconteceu, pois em momento algum foi revelado a questão abusiva. Sobre isso, o texto da assessoria de comunicação garante que esse tipo de processo de compliance sempre passa por renovações, com o intuito de melhorar os mecanismos adotados.

Em janeiro, por sinal, o NaTelinha já havia antecipado o incômodo nos bastidores por um “blindagem” da emissora em Marcius Melhem, inclusive cancelando uma coletiva de imprensa do novo programa Fora de Hora, para evitar perguntas sobre o caso.

Marcius Melhem

Leia o comunicado divulgado nesta sexta pela Globo na íntegra:

“A Globo não comenta questões de compliance, mas reafirma que todo relato de assédio, moral ou sexual, é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento. A Globo não tolera comportamentos abusivos em suas equipes e incentiva que qualquer abuso seja denunciado. Neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo. Por esse Código, assumimos o compromisso de sigilo do processo, assim como o de investigar, não fazer comentários sobre as apurações e tomar as medidas cabíveis, que podem ir de uma advertência até o desligamento do colaborador. Mesmo nas hipóteses de desligamento, as razões de compliance não são tornadas públicas.

Somos muito criteriosos para que os estilos de gestão estejam adequados aos comportamentos e posturas que a Globo quer incentivar e para que as medidas adotadas estejam de acordo com o que foi apurado. Não foi diferente nesse caso. O acolhimento e a empatia com quem relata situações de violação do Código de Ética são pontos essenciais do programa de compliance da empresa.
Isso não quer dizer que os processos de compliance sejam estáticos. Ao contrário. Eles evoluem constantemente para acompanhar as discussões da sociedade. As práticas e as avaliações são revistas o tempo inteiro, assim como são propostas e acolhidas sugestões de melhoria nos mecanismos de comunicação interna. A própria sociedade está se transformando e a empresa acompanha esse processo”.

Revista detalha assédios de Marcius Melhem na Globo

Em reportagem publicada nesta sexta-feira, a revista Piauí detalhou os assédios praticados por Melhem enquanto era diretor de humor da Globo, principalmente em torno de Dani Calabresa.
Com a contribuição de várias pessoas, que presenciaram ou mesmo ouviram os fatos da própria humorista, foi feita uma grande retrospectiva contando os vários momentos em que o humorista teria encurralado a então colega de trabalho. Começando pela comemoração do episódio 100 do Zorra, que tinha acabado de passar por uma reformulação. A festa aconteceu em 2017 e gerou constrangimentos.

Marcius teria tentado a todo custo um contato mais íntimo com Dani, que sempre se esquivou. Seja desde uma tentativa de beijá-la ou mesmo em momentos que ele chegou a tirar o órgão sexual para fora das calças. Isso teria causado uma crise de choro por parte da profissional, e foi confortada por outros colegas do humorístico.

Desde então, os assédios teriam se repetido, e com as recusas, o então diretor teria passado a complicar a vida da famosa, sabotando seus projetos. Foi então que Calabresa se reuniu com Monica Albuquerque, então diretora de Desenvolvimento e Acompanhamento Artístico (DAA), e teria ouvido que acionaria os responsáveis pelo programa de compliance, que zela pela aplicação de normas éticas e de conduta.

A coragem de Dani fez com que outras vítimas tivessem coragem de também contarem o que passaram. E após um período afastado do seu cargo, em função da cirurgia da filha, Melhem foi oficialmente desligado.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Famosos e TV

Leia Também

Camilla de Lucas devolve doação de R$ 25 mil de seguidor

Nesta segunda-feira (10), Camilla de Lucas contou no Twitter que recebeu uma doação de 25 …