Home Notícias Manaus Moradores do Nova Cidade estão em pânico com possível surto de escorpião preto especialmente nesta época do ano

Moradores do Nova Cidade estão em pânico com possível surto de escorpião preto especialmente nesta época do ano

4 minutos lido
271

Moradores do bairro Nova Cidade, localizado na zona norte de Manaus, estão relatando o aparecimento de escorpião na área e por isso é fundamental a população tomar alguns cuidados preventivos com escorpião, especialmente nesta época do ano. Algumas atitudes são importantes para evitar a proliferação e também a aproximação de residências. O escorpião preto não é venenoso, embora sua picada possa ser bastante dolorida. Este tipo (Bothriurus bonariensis), apresenta coloração preta ou marrom escura ou corpo escuro com patas marrom mais claras (avermelhadas).

No Cidade Nova tem aparecido constantemente escorpiões nas últimas semanas. Famílias que moram nas ruas Treviso e Síria estão preocupados com os aparecimentos dos animais e tem medo de possível surto.

O funcionário público e morador da rua Treviso, Osman Filho, de 57 anos, relatou ao Portal Em Tempo que são escorpiões pretos que aparecem nas casas. Ele afirma que vizinhos estão apavorados com a situação, ainda mais por haver crianças na área e ser um risco para a vida.

“Começou a aparecer esses escorpiões pretos e tem vários relatos de vizinhos. Ficamos preocupados porque nós temos muitas crianças e isso nunca aconteceu antes”

Osman conseguiu capturar um escorpião preto e guardou em um pote para levar até o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). O morador contou que já viu cerca de setes animais da espécie peçonhenta.

“Um vizinho também me relatou que hoje de manhã ele matou dois na casa dele. Outra vizinha afirmou que já matou também. Outro contou que estava limpando o terreno da casa dele e também matou dois”

Ele contou também que não houve registro de picada do animal, mas aparições. Mesmo assim, o funcionário público pede ajuda sobre o assunto.

“É questão de tempo. Esse que eu capturei ele estava na frente da minha casa, no muro da minha vizinha. Como passa muitas crianças aqui para ir pra escola, eu fiquei preocupado”, disse.

O morador Osman conseguiu capturar um escorpião preto e guardou em um pote para levar até o INPA | Foto: Arquivo pessoal

peçonhentos.

FVS-AM alerta para o risco

Até abril, foram registrados 131 casos de escorpiões no Amazonas, de acordo com dados da Fundação de Vigilância Sanitária do Amazonas (FVS-AM). A Fundação ainda orienta para o risco que os animais podem representar para a sociedade.

A diretora técnica da Fundação, Tatyana Amorim, aproveita para alertar para o risco de aumento de ocorrência de acidentes com animais peçonhentos, principalmente em épocas de cheia.

“As enchentes também provocam a dispersão desses animais que são desalojados de seus abrigos e habitat e buscam outros ambientes, inclusive o doméstico, como refúgio”

As recomendações para se prevenir de acidentes com animais peçonhentos, incluem usar calçados e luvas nas atividades rurais e de jardinagem; examinar calçados, roupas pessoais, de cama e banho, antes de usá-las; afastar camas das paredes e evitar pendurar roupas fora de armários; não acumular entulhos e materiais de construção; e limpar regularmente móveis, cortinas, quadros, cantos de parede.

Outra orientação importante é ainda vedar frestas e buracos em paredes, assoalhos, forros e rodapés; utilizar telas, vedantes ou sacos de areia em portas, janelas e ralos; manter limpos os locais próximo das casas, jardins e quintais; evitar plantas tipo trepadeiras e bananeiras junto às casas e manter a grama sempre cortada; e limpar terrenos baldios, pelo menos na faixa de um a dois metros junto ao muro ou cercas.

O morador Osman conseguiu capturar um escorpião preto e guardou em um pote para levar até o INPA | Foto: Arquivo pessoal

Primeiros socorros

Em caso de picada de escorpião, os primeiros socorros são:

– Lavar o local da picada com água e sabão;
– Manter o local da picada voltado para cima;
– Não cortar, furar ou apertar o local da picada;
– Beber bastante água;
– Dirigir-se, imediatamente, ao serviço de saúde mais próximo.

Para assistência a esses casos, o Centro de Informação Toxicológica do Rio Grande do Sul (CIT) pode ser acionado tanto por profissionais de saúde que necessitam de orientação sobre sintomas, exames e tratamento, quanto pela população leiga para mais informações. O CIT atende 24 horas pelo telefone 0800 721 3000.

Medidas de controle/prevenção

Os escorpiões possuem hábitos noturnos, portanto é à noite que saem para procurar alimento (principalmente baratas). Durante o dia ficam descansando, escondidos em locais úmidos e escuros, embaixo de pedras, telhas, madeiras e troncos em decomposição.

A principal medida para evitar a presença do animal é a limpeza periódica de terrenos, evitando o acúmulo de lixo e materiais de construção, pois esses são locais que podem atrair insetos, como baratas, que são sua principal fonte de alimento.

Os escorpiões também podem entrar em residências pelas redes de esgoto. Assim, é orientada a vedação de ralos e caixas de gordura. Inseticidas ou outros venenos não têm eficácia comprovada contra a espécie. Também é preciso atenção antes de vestir-se ou calçar tênis ou sapato, pois o escorpião pode ficar escondido em calçados.

Comentários com Facebook

Receba nossas notícias no seu e-mail 📩:
Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Manaus

Leia Também

Sine Amazonas divulga 103 vagas de emprego em diversas áreas para esta terça-feira (26/10)

O Governo do Estado, através da Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setem…