Najila não sabe onde está o tablet e nem o celular e foge com o 4° advogado

768

Um mês após o suposto estupro, a modelo Najila Trindade continua se complicando. A loira não consegue provar o vídeo completo, não consegue mostrar o celular com todas as conversas trocadas com o atacante Neymar. A modelo já trocou de advogado 3 vezes devido o não fornecimento das provas que são essenciais para provar que ela foi estuprada e agora mais essa. A modelo saiu do Estado de São Paulo com o advogado e foi flagrada na Bahia.

Najila Trindade e Cosme Araújo (Foto: Divulgação/Facebook – Montagem/TV Foco)

A modelo Najila Trindade foi vista em um aeroporto fora de São Paulo com o seu advogado Cosme Araújo, enquanto a Justiça exige algumas explicações dela. A ‘fuga’ aconteceu no mesmo dia em que as autoridades expediram um mandado de apreensão do celular da loira no caso contra Neymar, nesta segunda-feira (17).

De acordo com perfis como Rainha Matos e Garotx do Blog, a modelo foi flagrada por pessoas que estavam no aeroporto de Ilhéus, na Bahia, na sala de embarque. O advogado estava do lado da mulher no local, o que pode significar que eles estavam resolvendo alguns trâmites da denúncia contra o jogador.

De acordo com o Uol, o Ministério Público se mostrou a favor de que a Polícia Civil tivesse acesso ao telefone celular de Najila Trindade, que pode conter informações cruciais sobre o dia em que esteve com Neymar em um hotel de Paris, na França. Segundo ela, existe um vídeo de sete minutos que comprovaria a agressão do atleta, mas esse registro teria sido furtado de dentro de seu apartamento, na zona sul paulistana.

Najila Trindade e Cosme Araújo (Foto: Reprodução/Instagram)

Estivens Alves já afirmou não ter conhecimento do aparelho. O pai do filho da suposta vítima afirmou ter buscado um tablet em sua residência, mas que era o do herdeiro, e não era rosa, conforme a moça disse ser. O vídeo é muito importante para que a polícia saiba o que aconteceu depois dos poucos segundos espalhados na internet.

Najila Trindade terá as conversas com Neymar e as conversas com uma amiga analisadas pela Justiça, caso ela entregue o aparelho original. O advogado anterior a Cosme Araújo deixou o caso após a loira ter se negado a entregar o celular voluntariamente. Isso fez com que ela precisasse arranjar um quarto advogado para representá-la na Justiça.

Comentários