Nota atribuída a Paolo Guerrero após final da Copa América é Fake News!

399

Na tarde deste domingo (07/07) a Seleção Brasileira foi campeã da Copa América pela nona vez. Com muito mais drama do que o esperado, a seleção derrotou o Peru e voltou a conquistar a competição depois de 12 anos. Gabriel Jesus foi o grande nome da final disputada na no Maracanã, com um gol e uma assistência, e conduziu a vitória por 3 a 1.

Brasil campeão da Copa América no Brasil
Brasil campeão da Copa América no Brasil

Mal terminou a partida e começou a circular nas redes sociais uma mensagem muito conhecida de todos. A famosa mensagem que circula desde a final da copa do mundo de 1998, na França.

Confira a nota divulgada nas redes sociais e que está viralizando, dessa vez atribuída a Paolo Guerrero, atacante da seleção Peruana

Paolo Guerrero, atacante da seleção Peruana
Paolo Guerrero, atacante da seleção Peruana

DIVULGADO O ESC√āNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA

Talvez, isso explique a raz√£o do jogador Guerrero ter declarado a seguinte frase: “Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa Am√©rica, ficariam enojadas”.

Todos os peruanos ficaram chocados e tristes por terem perdido a Copa América, no Brasil. Não deveriam. O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e o Gazzeta delo Sport e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.

Fato comprovado: O Peru VENDEU a copa Am√©rica para a Fifa. Os jogadores titulares peruanos foram avisados, √†s 09:00 do dia 07 de julho (dia do jogo), em uma reuni√£o envolvendo a Sra. Iva Olivari (na √ļnica vez que a supervisora compareceu a uma prele√ß√£o da sele√ß√£o), o t√©cnico Ricardo Gareca, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Nike. Os jogadores reservas permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel. A princ√≠pio muito contrariados, os jogadores se recusaram a trocar o t√≠tulo para sediar a pr√≥xima Copa Am√©rica.

A aceita√ß√£o veio atrav√©s do pagamento total dos pr√™mios, US$70.000,00 para cada jogador, mais um b√īnus de US$400.000,00 para todos os jogadores e integrantes da comiss√£o, num total de US$ 23.000.000,00 vinte e tr√™s milh√Ķes de d√≥lares) atrav√©s da empresa Nike. Al√©m disso, os jogadores que aceitarem o contrato com a empresa Nike nos pr√≥ximos 4 anos ter√£o as mesmas bases de pr√™mios que os jogadores de elite da empresa, como o pr√≥prio Modric, Messi, Cristiano Ronaldo e Mandzukic.

Mesmo assim, Polo se recusou a jogar, o que obrigou o t√©cnico Gareca a escalar o jogador Flores, dizendo que Polo estava com problemas na lombar (em primeira not√≠cia divulgada √†s 13:30 no centro de imprensa) e, logo depois, √†s 14:15, alterando o progn√≥stico para ‚Äúse recusou a jogar‚ÄĚ, cortando o jogador da Copa Am√©rica ainda na fase de grupos. A sua situa√ß√£o s√≥ foi resolvida ap√≥s o representante da Nike amea√ßar retirar seu patroc√≠nio vital√≠cio ao jogador, avaliado em mais de US$90.000.000,00 (noventa milh√Ķes de d√≥lares) ao longo da sua carreira.

Assim, combinou-se que o Peru seria derrotado durante a prorrogação, porém a apatia que se abateu sobre os jogadores titulares fez com que o Brasil, que absolutamente não participou desta negociação, marcasse, em algumas falhas simples do time peruano, os gols.

O Sr. Gianni Infantino, presidente da Fifa, cidadão suíço, aplaudiu a colaboração da equipe brasileira, uma vez que o campeonato trouxe equilíbrio à ótima geração peruana num momento em que a equipe estava desacreditada.

Garantiu, também, a Sra. Iva, que o Peru teria seu caminho facilitado para o inédito campeonato em 2022.

Por gentileza passem esta mensagem para o maior n√ļmero poss√≠vel de pessoas, para que todos possam conhecer a sujeira que ronda o futebol! Desde, j√° agrade√ßo, Um abra√ßo.

Gunther Schweitzer
Central Globo de Jornalismo.

Coment√°rios